sábado, 30 de junho de 2007

Mensagem do dia - Lixo mental.

Não dês os teus espaços mentais para os pensamentos vulgares.

Preenche todas as brechas com idéias de edificação,
da ação do bem, da felicidade própria e alheia.

É na mente que se iniciam os planos de ação.

A mente ociosa cria imagens infelizes que se corporificam com alto poder
de destruição, consumindo quem os elabora e atingindo as outras pessoas.

Luta com vontade para que a "hora vazia" não se
preencha de lixo mental tornando-te infeliz ou vulgar.

BOM DIA/30/06

Eleve suas expectativas.
Pessoas com sonhos grandes obtêm energia para crescer.
Os vencedores pensam em como realizar seu objetivo.
Tenha metas claras.
Ter objetivos evita desperdícios de tempo,
energia e dinheiro.
Amplie os seus relacionamentos profissionais.

Jornada

Este é o começo de uma jornada que vai durar a vida inteira...

É assim a grande luta da vida, o combate que dura para sempre, seja
contra o alcoolismo, contra o tabagismo, a obesidade, a anorexia, a
bulimia, o gasto compulsivo, as más tendências, seja a de mentir, de
adorar um fuxico, de contar vantagem, o orgulho, a vaidade excessiva, a
inveja negativa, ou seja, todas as nossas inclinações para o vício
demoram mais do que ao tempo que a maioria está disposta a gastar no
combate.

Por isso muitos fracassam, o ex-fumante volta a fumar, o ex-alcoólatra
escorrega no primeiro copo, o mentiroso conta uma mentirinha, o gastador
não resiste a liquidação, o obeso ataca a geladeira depois de mais de 2
meses de dieta de esquimó, o bulímico volta a ter crises. O segredo está
em não subestimar o inimigo, seja ele o menor dos vícios, para quem vive
o problema é algo maior que a compreensão humana.

Se hoje é o dia que você decidiu exterminar o vício que te prende ao
mesmo lugar de sempre, da bebida ao cigarro, da obesidade à anorexia,
não importa, hoje você é o dono da sua vontade, é quem manda, mas tem
que saber que começa uma longa jornada, que vai perdurar até o último
suspiro da sua vida, por isso, não relaxe, não desdenhe o inimigo,
esteja atento, incentive-se, descubra a sua capacidade de vencer, feche
os ouvidos para os pessimistas que sempre vão duvidar de você. O mais
importante é que você não duvide da sua capacidade.

Hoje, no inicio da sua luta, seja ela qual for, imagine-se subindo na
bicicleta pela primeira vez sem rodinhas, seu pai lhe empurrou e você
sentiu confiança, a primeira pedalada é tímida, medrosa, desequilibrada,
mas depois, vem a segunda, a terceira, e você consegue equilibrar-se e
descobre que o melhor da bicicleta é a sensação de poder que você começa
a sentir e que nunca mais vai esquecer.

A vitória já é sua, é só acreditar.

Vãs Filosofias

Quantos livros já li...Palestras, quantas
Ouvi, mostrando um rumo definido,
Mas continuava eu, triste e perdido
Entre as grandes lições que foram tantas!


E nessa busca inútil e demorada,
Firmando a minha crença em utopias,
Me confundia em vãs filosofias,
E tudo ouvia e não aprendia nada.


Pois, como ser feliz se andava incerto,
Tal qual Viajor sedento, num deserto,
Bebendo angústia em ânforas de dor?


Mas, um dia, essa paz tão procurada
À mim chegou, após ser iniciada,
Em minha vida, a prática do amor.

Meu nome é Felicidade...

Faço parte da vida daqueles que tem
amigos, pois ter amigos é ser Feliz.
Faço parte da vida daqueles que vivem
cercados por pessoas como você,
pois viver assim é ser Feliz!
Faço parte da vida daqueles que
acreditam que ontem é passado,
amanhã é futuro e hoje é uma dádiva,
por isso chamado presente.
Faço parte da vida daqueles que
acreditam na força do Amor,
que acreditam que para uma
história bonita não há ponto final.
Eu sou casado sabiam?
Sou casado com oTempo
Ah! A minha esposa é linda!
Ela é responsável pela resolução de
todos os problemas.
Ela reconstrói corações,
ela cura machucados, ela vence a Tristeza...
Juntos, eu e oTempo tivemos três filhos:
A Amizade, a Sabedoria, e o Amor.A Amizade é a filha mais velha.
Uma menina linda, sincera, alegre.
A Amizade brilha como o sol.
A Amizade une pessoas, pretende nunca ferir, sempre consolar.
A do meio é a Sabedoria, culta, íntegra,
sempre foi mais apegada a Mãe, oTempo
A Sabedoria e oTempo andam sempre juntos!
O caçula é o Amor.
Ah! como esse me dá trabalho!
É teimoso, às vezes só quer morar em um lugar...
Eu vivo dizendo:Amor, você foi feito para morar em dois corações,
não em apenas um.
O Amor é complexo, mas é lindo, muito lindo!
Quando ele começa a fazer estragos eu chamo logo a Mãe dele,
oTempo e aí oTempo sai fechando todas as feridas que o Amor abriu!
Uma pessoa muito importante me ensinou uma coisa:
Tudo no final sempre dá certo, se ainda, não deu,
é porque não chegou o final.
Por isso, acredite sempre na minha família.
Acredite noTempo na Amizade, na Sabedoria e, principalmente no Amor.
Aí, com certeza um dia, eu, a
Felicidade, baterei à sua porta !!

Imagens do Inconsciente

No céu da boca
das minhas fantasias
as cores bailam sob as
luzes da euforia
e entre plumas e alegorias
bebem versos de elegias
na taça da ilusão!
Flores pálidas e amorosas
passeiam lépidas e vaidosas
nas alamedas da solidão
de braços dados com um louco
poeta vilão!
Sorrisos estampadas nos
rostos verdes da primavera
lembram as doces donzelas
que sonham com as quimeras e
desabrocham em flor !
Nas noites molhadas de felicidade
bebem gotas doces de saudades e
aconchegam-se nas brumas
da eternidadedos líricos poemas
de amor
Rasgam as cortinas da dor
Deitam o corpo nu e sem pudor
Entregam-se aos delírios e ao
torpor de um poema sedutor
Na viagem do imaginário
abrem o velho relicário e
curvam-se diante do sacrário
de um pássaro encantador!

A PRINCESA DE MEUS SONHOS

Queria cobrir-te dos mais lindos rubis,
Pôr-te no colo as pérolas mais fugidias,
Citara na cabeça e seda nos quadris,
Mil manhãs rompendo os alvos dias.

Vestidos de seda a adornar-te seriam
Dos deuses a glória – lindo carmim,
Rodas de saias a folhos se pareciam
Com as rosas de um lauto jardim.

À cintura de organdi xaile descaído,
Sapato raso da cor de teus lábios,
Uma princesa que houvera fugido,

À procura do seu príncipe encantado,
Que ela escutara dos velhos sábios,
Por ela ter de ser um dia beijado.

AOS VINICULTORES

Persistente, como esta árvore que vejo brotar do chão,
Sigo a minha luta por um mundo melhor, onde caibam
Todos sem distinções ou rótulos, que denigrem o pão
De cada dia, onde o labor é mostrado para que saibam

De sua honestidade e verticalidade, chão que deu uva
Pronta a ser colhida, no solstício de verão; primavera
Ausente, na decadência do clima temporizado, sem chuva
Que fizesse renascer das cinzas do inverno, quem pudera

Aqui ter a grainha mais cedo.
Trabalhadores seguem ritual
De à décadas… suas mãos estão crispadas pelo orvalho…
Dia a dia, do nascer ao pôr do sol, seu rito é sempre igual:

Levar no bornal o que comer, no pouco tempo de descanso.
E assim pela calada da madrugada lá vão eles para o trabalho,
Esperando que, lá em baixo, o rio corra deveras mais manso.

AMOR CANINO

Alguém nos escutaria fazendo amor
entre alguma ruína da Grécia?
Não te assustes, nem me chames de
sonhador...
Em noite de luar e celeste!
Estaria perdido por ali alguns transeuntes
fotografando casualmente a história?
Uma empresa de turismo e
todo seu aparato logístico!
Pegaria-nos de cachorrinho,
teu vestido levantado na cintura!
Tamparia a boca de meia dúzia de velhinhos,
acompanhados de um guia turístico...
- Que horror!!! diriam.
A gente nem escutava e continuava
ao som de violinos...
Até que se formasse uma multidão a ver
nosso amor canino!
Um sonho louco,
amar-te de quatro no Coliseu...
Tornarmos uma vírgula na história
que seguiria as manchetes de todo mundo,
por um segundo,
tu e eu!
Que tal ? Teu marido guardaria o jornal?
Minha esposa teria um chilique!
O desquite? Seria fatal!
Aí sim, tudo estaria perdido!
Se não o risco deste sonho corrompido de
torna-se real!

Velho Album

Abri o álbum que não abria há anos.
Sabia que lamentaria,
Mordi os lábios, cedi a tentação.

Acariciei o álbum antes de abri-lo.
Lá estavam guardadas as pessoas,
As lembranças, os sonhos desfeitos,
Confianças traídas.

Foi um verão feliz de lembranças perdidas.
Jurei destruir cada foto.
Picá-las. Queimá-las.
Não consegui.

Amor e ódio
Lados opostos da mesma moeda...
Porque motivo ainda guardo tuas fotos?

Ao olha-las,
Sem controlar as lembranças
Revivo os instantes
De amor e mentira que vivemos...

E te reencontro...
Sorrindo em toda tua beleza máscula
Registrado no instantâneo
E para sempre em minha memória.

Que se cumpra o destino

Eu vou embora.
Vou para a floresta lilás,
onde a espuma flutua ao vento,
e a luz da lua prateia o mar....
Eu vou embora onde eu possa voar com liberdade,
onde não possa comprar nem vender,
onde eu possa apenas ser eu,
na nua e crua realidade.
Vou embora.
Seguirei em frente..
Eu sei que dói cortar a raiz, irei ainda assim,
mesmo que fique sem referência ou matiz.
Seguirei pela trilha aberta,
difícil saber onde parar pois não sei onde estou indo. P
reciso caramujar.
Vou. E na busca de uma casa,
ou quem sabe de uma causa, deixo o passado,
abandono teus braços, deixo o que roubei,
o que tomei, o que fiz e o que perdi.
Sigo sem mágoas ou pecados.
Debaixo do travesseiro e junto dos chinelos
Deixo-os - todos - guardados.
Perdoe-me... o passado, passa.
Vou buscando o riacho d` águas cristalinas,
o sorrir sem melancolia, as frias noites com neblina,
o cantar do galo das campinas.
Que se cumpra o destino.
Sigo nua, liberta, abro os braços e me rendo ao sol de cada manhã .

Atrévete

No uses las manos para desnudar el amor,
jamás tires fuera el calor de tu cuerpo,
muestra a él que la ausencia no es mejor,
cuando el mojar de deseo, no pare,
envuelve tus sueños en los que jamás realizaste.


Este no es el amor que habla en otros días,
un para siempre no acaba cuando despiertas por la mañana,
los amantes no cruzan mares por nada,
conozco parte de tu voluntad de cambiar,
cuando intentes renacer puede ser tarde o nunca más.


Así pasan los años de tu vida,
amar no es como releer un libro,
y oscuro acaba cuando encendemos la luz,
así se hace en el cielo, en el mundo de los amantes,
la soledad es pasaje de un lado a otro del sentimiento.


Vueve a aquella tarde que deseaste desnudarte,
todos tenemos un día en que intentamos tirar todo afuera,
cuando amanece el cuerpo reclama,
procura del lado opuesto de la cama y no encuentra,
los ojos congelan y tu lo buscas en tus pensamientos.


Si aún deseas otro día más con vida, para,
atrévete, mezcla tus sueños a otros,
suéltate, di las palabras que gustaría de oír,
provoca el deseo, pide placer con los ojos,
tu cuerpo va entender cuando sea tomado e invadido.

Corpo

Corpo, templo secreto de desejos impuros,
caminhos de fibra e sangue que ferve,
como um grito diante da cruz coberta,
virgem minha, ainda que mulher mundana.


Ouço pedidos impróprios dos seus desejos,
luzes que caminham lento sob sua pele
como se gritassem por outra,
desenhando prazeres em prata e ouro.


O céu é como abóbada da catedral amarela,
feito sonhos de uma festa das mil noites,
onde véus voam dos corpos até o nu,
os risos não passam da boca e chegam aos sexos.


Erga sua taça com a felicidade que provoca o amor,
solte o corpo e as vestes que cobrem sua vergonha,
deixe a vida passar diante dos meus olhos,
quebra a imagem do ontem e faz o amanhã de paixão.

Perdas

Voltei para casa em mais uma madrugada,
andei perdido por ruas estranhas,
e entranhas de outras mulheres,
estou dolorido, continuo triste.


Sou a sombra do homem que um dia amou,
desisti daqueles tantos sonhos,
todos os que desenhamos bem coloridos,
não compreendo a vida, não a minha.


Não existe nenhum razão para sorrir,
fiquei invisível aos olhos de qualquer um,
não que me sinta triste, abandonado,
tenho culpa confesso, não toda, parte dela.


Não quero lembrar mais de nenhum adeus,
só daqueles tantos amanheceres juntos,
do nosso mundo, um que acabou logo
e não nos encontramos mais, perdemos.

MANIFESTAÇÃO.....

Em cada novo começo
A consciência ilumina-se
E as experiências da vida expandem-se
Em meu peito novo pacto
Marcado e assinalado está
Só uma necessidade maior
A ele mo impedirá
Repararei jardins e caminhos
Dos dúbios e frágeis corações
Suavizá-los
Será agora a minha decisão
O aguaceiro dos meus olhos
Alcançará até os secos corações
Serei paciente
Com minhas próximas batalhas
Passo a passo
Galgarei degraus acima
Respeitarei o que escrito
Há muito está por mim
A vida mostra alguns tropeços
Mas...
Meu espírito agora mais que nunca
Inabalável está

SENTIMENTOS

Só quem não escuta
O assoviar do vento
Não se apercebe
Da constante partida do tempo
Nem absorve o doce cantar
Mavioso e harmonioso que é constante
Do vai e vem das ondas do mar
Eu, mesmo a distancia
Ouço-o me chamar
Nada engolirá meus sentimentos
Até que se transformem
Nas águas azuis dos meus pensamentos
Não temo mais nenhuma verdade
Cada queda, dor, tropeço ou dissabor
Transformarei não só num escudo
Mas num verdadeiro triunfo

sexta-feira, 29 de junho de 2007

AVISO IMPORTANTE


Mensagem do dia - Cuidado com a inveja.

A inveja é um grande inimigo, que necessitas
combater no teu mundo íntimo.

Ela se insinua, cruel, nas telas mentais,
e desequilibra as emoções.

Torna-se fiscal impiedosa e capataz insensível.

Arma ciladas, vinga-se pelo pensamento, através da
palavra e da ação, persegue implacavelmente.

Incontáveis crimes se originam na inveja, fora
aqueles que não chegam a consumar-se.

A inveja é inferioridade que tem de ser corrigida
e transformada em camaradagem e satisfação.

BOM DIA/29/06

Aqueles que sonham à noite, quando acordam, descobrem que era só um sonho. Mas os que sonham de dia podem trabalhar em seus sonhos com os olhos abertos, e torná-los possibilidades

O VÍCIO DE FALAR MAL DOS OUTROS

É incrível!
Ninguém mais agüenta gente que fala mal dos outros o tempo todo.
Gente que parece não ter outro assunto a não ser falar das outras pessoas.
Será que essa gente não percebe o que todos estão enxergando?

Falar mal do chefe, do patrão, do subordinado, do colega, do vizinho, do concorrente, do fornecedor, acaba sendo um vício que precisa ser combatido por aqueles que fizeram do falar mal seu verdadeiro "emprego" .

Você já foi no lugar do cafezinho? O que estão falando? Mal dos outros!

Você já viu o que conversam na hora do almoço? Mal dos outros! e quando chegam em casa essas pessoas falam o que? Mal dos outros!

Se você também adquiriu esse "vício", acabe com ele!

Uma pessoa que fala mal dos outros perde a própria credibilidade.

Outro dia recebi uma pessoa com excelente currículo que queria um emprego.
Eu estava disposto a empregá-lo.
Na entrevista ele começou a falar mal de todos os seus ex-patrões, de seus ex-colegas, das empresa em que trabalhou.
Imediatamente desisti de contratá-lo.

Contando esse caso para outras pessoas que estão empregando novos funcionários, todos disseram ter a mesma reação.

Ninguém tem coragem de contratar um falastrão, a verdade é essa.

Nesta semana, gostaria que você fizesse um exame de consciência e visse se você também não é tipo "viciado" em falar mal dos outros.

Lembre-se que pessoas de sucesso não precisam falar mal de ninguém para vencer.

Uma pessoa segura de si própria, quando não pode falar bem de alguém, não fala mal.

EU SOU ...

E eu, poeira das estrelas, animada pelo sopro da vida,
sou prisma, sou distração.
Sou realidade, sou pensamento, sou ilusão.
Sou átomo de energia, sou a espuma do Universo,
a energia feita matéria.
Sou olhar, sou cega, sou tristeza e alegria,
estátua sólida e imagem etérea.
Sou nada e sou tudo, sou rastejante e elevada.
Sou cruel e complacente, criadora e indiferente,
uniforme e alterado.
Relampejar de emoções, espelho de racionalidade,
alma complexa ou mente simples?
Luz crua ou noite sombria, divagação de alguém ou abstração vazia...?
Sou inerte , mas sou alegria.

SOU HUMANA

Sou feita do pó do chão,
animada pelo sopro da Criação.
Sou pura emoção,que brota do coração...
Sou realidade,desprezo a falsidade,
amo a liberdade,busco a felicidade...
Sou feita de átomos agregados,
de segredos bem guardados,
de amores perdidos,de sonhos nem sempre realizados...
Sou pura energia,repleta de alegria,
que vê na noite sombria,a beleza da lua,
que desfila no ceu toda nua,para o sol encantar...
Sou raio de sol,areia do mar,
sou feita de bruta matéria,
que espera um dia alcançar,
a graça de mais etérea ficar...
Sou boa ou sou leoa,sou como toda gente...
Às vezes cruel,outras complacente,
nem perfeita,nem incoerente...
Sou apenas humana.

PERDI O MEDO

Quando te encontrei
Perdi o medo de amar
Encontrei a luz
Vi as estrelas, a lua...
Tu me fizeste ir às alturas
Perdi o medo de amar
Mandei embora a solidão
Entreguei-me a esta paixão...
Contigo conheci...
Aprendi a ver a vida
Com mais amor...
Meu mundo se tornou
Mais colorido
A vida passou a ter sentido
Sim, tu me ensinaste
A perder o medo de amar.

A meu amor

Poderá partisse a lua
Poderá o mar fazer-se gelo
Poderão rugir as montanhas
e ficar negro o firmamento
Poderão soprar furacões
e chover dias inteiros
Poderá o sol ficar negro
e partisse o céu ao meio
e poderão crucificar-me
com cravos os pés e mãos
mas nunca impedirão
que diga a meu amor!!!
te amo !!!

NOSSOS PAIS

Nossos pais são como porto seguro,
são abrigos que nos protegem de todas as dificuldades
que encontramos durante nossas vidas.
Nossos pais estão sempre dispostosa
nos dar suas mãos, são fortes,seguros, são proteçã
Nossos pais são heróis, dentre todos,
são eles que mais se destacamno meio da multidão.
São heróis que trabalham durante a vida inteira,
pensando em um futuro melhor para nós.
Nossos pais são como estrelas que nos trazem luz
nos momentos dificéis de nossas vidas,
são estrelas, simplesmente estrelas a brilhar em nosssas vidas .
Nossos pais são chegada,são partida,
são beijos, abraços, despedidas, são nossa própria vida.
Nossos pais, serão para sempre heróis,
príncipes encantados, serão para sempre amados.
Nossos pais, para sempre nossos pais.

Havia

Havia um lindo Sol...
Que me aquecia todos os dias,
Havia uma lua...
A iluminar o meu viver.
Havia muitas estrelas...
Para me orientar e proteger,
Havia a relva...
Havia as flores...
Havia um lindo mar...
Havia você pra me amar...
Havia tudo!
Havia um sonho!
Havia o virtual...
O hoje não havia,
E eu... Não sabia!

COMO É BELA A NATUREZA

Da janela do meu quarto, contemplo o Céu.
O sol, já desapareceu no horizonte;
A noite vai caindo, e de uma fonte,
Oiço o murmurinho da água, para gaudio meu.

Quanta beleza há no arrebol de um fim de tarde!...
Com seu tom purpúreo, tão fagueiro, tão lindo;
A noite desce, a lua desponta, estrelas vão luzindo,
E os sons da noite pululam numa brisa suave.

Absorto, eu fico maravilhado!...
Agradeço a Deus, o ter deixado os olhos meus,
Contemplarem tanta maravilha... tanta beleza...

Enlevado, olho de novo o firmamento,
Fecho a janela do meu quarto e vou pra dentro.
E adormeço a pensar: --
Como é bela a Natureza!...

Soneto XC

Acalenta-me o mar, sempre o mar...
que longe dele eu já não viveria
pois nunca (eu sei) irá me abandonar
como os amores que eu já tive um dia.

Sou aquela águia que o sobrevoa
ao cair da tarde ou de manhãzinha
embora não pareça, ela voa à toa
nada mais procura, nada se avizinha.

No peito, sob as penas, bate o coração
que já não tropeça nas dores que tinha
diluídas no tempo, quem sabe nas rimas...

Apenas um lugar... a águia o contorna
evita alimentar perdida ilusão
morta pelo descaso, pela traição...

Poesia

A poesia é feita:
de um sorriso
de um sonho
de uma lágrima
de uma briga
de um desejo
de um beijo
de um amor ausente
de um amor presente
de uma estrela cadente
de um reencontro
de uma emoção
de uma paixão
de uma brisa passageira
de uma saudade verdadeira
A poesia nasce no coração do poeta
lava sua alma...e
se transforma em doces palavras de amor.

PARTIR

sou eu alí... vendo-me aqui
cabisbaixa, agasalhada,
caminhando

e trilho pensando e me indagando
por qual razão sonhei acordada,
se o tempo já se esvaíra para além dali?

e trilhando vou vencendo a solidão
e minhas pisadas...
chutam as poças da ilusão!

Olhos Serenos.

Quando seus olhos serenos me olham
Sinto o frescor de seus lábios a me beijar.

Quando seus lábios encostam nos meus
Sinto o doce de tua língua a me penetrar.

Quando tua língua passa no meu corpo
Sinto arrepio de pele, de coração e de emoção.

Quando seu corpo, lindo, encontra o meu
Sou completamente só seu.

Procura

É em nossa mistura
Que dentro de mim,
Grande é a procura
Do teu amor em mim.
Procurei-te em vão...
Por ai, perdi meu chão!
E em busca da lua,
Não a encontrei nua.
E foi quando o céu
Esvaiu-se em véus
Sem enxergar as estrelas
Vaguei ao léu...
Senti-me só
A alma em pó
Procurei-te em nós,
Encontrei-o em... “Nós”
Na poesia certa
Das horas incertas
Que preenche meu chão
E alimenta minha ilusão.

quinta-feira, 28 de junho de 2007

Mensagem do dia - A alma necessita de cuidados para viver.

Examina quanto tempo diariamente dedicas a tua vida espiritual.

Trabalhas, veste-te, distrai-te, alimenta-te, dormes e reservas
breves minutos ao espírito encarnado, mediante uma rápida
oração, uma pequena leitura, ou ouves uma palestra,
às vezes nenhuma destas concessões lhe faculta.

O homem não é somente o corpo-mente. Antes de tudo
é o ser espiritual, que conduz os implementos corpo-mente e exige
atendimento espiritual para bem executar as tarefas que lhe dizem respeito.

O corpo necessita de cuidados para viver, mas, a alma, também.

Amante noturno

Sou fantasma amante das suas noites,
você a paixão eterna de meus desejos,
na boca levo o sabor da carne vermelha
onde repousa o beijo d'outras noites.


Caminho escada acima de um paraíso,
busco degraus de felicidade eterna,
como o sol, a lua, os castiçais de prata,
onde o demônio derrete como parafina.


Volto noites seguidas, volto amor,
carrego comigo todas as paixões,
a fibra trêmula do seu tesão,
o calor incrédulo do coração ateu.


Poderia ser apenas a sombra dos seus lençóis,
a cor pálida de um sonho incomum,
mas minha alma perdeu-se ante a sua,
fiquei amor, o futuro de milhares de noites.

DESEJOS POSITIVOS

Que os dias sejam...
Alegres, bonitos e deslumbrantes
Como a beleza dos crepúsculos, envolventes e aconchegantes
Que as noites sejam...
Tranqüilas como o mar em calmaria
Como as brumas de verão, acaloradas, alegres e vivificantes
Que a saúde seja...
Como um belo dia de sol revelando toda a beleza que existe na natureza
Que o poder da mente seja...Grande e Poderoso
Como as mais elevadas serras e montanhas
Ampla e imensa como a vastidão dos mares e dos oceanos
Que a paz interior esteja...
Com o espírito calmo e límpido
Como o azul do céu nas tardes de inverno
Que o conforto e a segurança pessoal seja...
Como um firme ancoradouro
Onde aportam e embarcam as grande e pequenas naus
Que a sensação de receber o carinho do ser amado seja...
Sempre refrescante e vivificador
Como a agua que traz a Vida e o Sol que traz o calor
Que o sono e o repouzo sejam...
Calmos e serenos
Como a leve neblina na aurora de um belo amanhecer!

DANÇAR COM A FELICIDADE

Vem comigo curtir o balanço desta canção
E entrar na gostosa cadência deste som
Seguir o rítmo da música e rir de alegria
De cantar a música sem conhecer a melodia
Dançar e viver o presente com muita emoção
Brindar à saúde e transpirar de satisfação
Balançar o corpo, suar a camisa e fazer folia
Bailar e brincar muito nesta festa de magia
O lema é ser feliz e despertar a criança interior
Gritar, gesticular e torcer por um mundo feliz
Vibrar com muito entusiasmo, felicidade e vigor
Vem comigo dançar até o dia amanhecer
Comemorar com muito entusiasmo e felicidade
O dom divino e maravilhoso de viver!

UNIR EM ORAÇÃO

Ah! meus amados irmãos
Os dias estão chegados
Vamos minimizar a devassa?
Vamos unir nossa "massa"

Vejam o calendário
Nosso plano...é setenario
O dia não é o mesmo de outrora
São dois terços apenas agora!!!

Está dito nas escrituras
Verdades claras e "duras"
Não soubemos aproveitar
E...não adianta reclamar!!!

Devemos até agradecer
Pelo que vai acontecer
Teremos outra oportunidade
Nisso creio...de verdade

Mas a limpeza será feita
Teremos nova colheita
Mas dessa geração
Aqui poucos ficarão...

Haverá chuva e muito vento
Gritos e muito lamento
Trevas e horas sem luz
E...cada um com sua cruz!!!

Não estou à profetizar
Quem sou eu para assim falar?
Apenas vendo o sinal
E todos podem ver igual!!!

Dias melhores virão
Mas "SUAS" palavras não passarão
Está tudo no "uno e no verso"
É só olhar o "Universo"

Acredito piamente na "SUA" eterna bondade
Mas...não dá para fugir da realidade
Vamos nos unir em orações
E abrir nossos corações!!!!

Distância

À luz do luar
Sob o encanto das estrelas
Me faz pensar em ti
Desejando te amar
Uma oração estou fazendo
Que me ajudará a te encontrar
Nesta imensidão...
A distância nos separa
E os ventos noturnos
Cantam arrulho solitário
Nossos sonhos se fundirão em um só
Apesar da distância
O amor unirá
Estarei sempre junto
Com a Esperança
De meus sonhos tornarem realidade
As bocas unidas
Conduzindo os corpos a se tornarem uno
Em algum lugar....

Às Flechas do Amor

Aqueles sonhos maiores,
Naquela noite tivemos.
Com eles na memória
Assim nos mantivemos
Envoltos de amor
A esperança na dança
Voltou a nos envolver
Em_baladas tranças
E foi naquela noite...
Num roçar de coxas
Que fizera trazeres
Tuas malas e trouxas
Tornamos-nos eternos
Em múltiplas danças
Freneticamente ternos
Atirados às lanças
Cupidos iam a sonhos
Que nos observavam
E às flechas do amor
Sem pudor atiçavam
Numa dança etérea
Parceiros no amor e dor
Da ausência à matéria
Enamoramos este céu

AMOR E SAUDADE

Um dia o amor perguntou
para a saudade:
Por que teimas em entrar
nos corações das pessoas?
E com um suspiro melancólico
a saudade respondeu:
Chego nos corações
onde tu deixaste de habitar,
e quando entro neles
encontro tudo desarrumado,
sem vida,
sem perspectiva de um futuro feliz.

E então, começo a arrumar tudo
no seu devido lugar.

E quando tudo está arrumadinho
tu voltas com seu ar brejeiro
e toma conta novamente do lugar.

Então, o amor sorrindo, respondeu:
Faço parte da vida das pessoas.
Trago alegria, felicidade
e a esperança
que todos necessitam para viver.

E só saio dos corações das pessoas
que não confiam em mim...

SOU APENAS EU

Sou apenas eu,
que venho como Romeu,
teus sonhos invadir,
não te deixando fugir...
Sou eu, simplesmente,
querendo somentete amar,
para teus anseios acalmar,
e teus seios afagar...
Não fujas de mim...
Ame-me, enfim...Ame-me assim...

LAS DOCE ROSAS

Las rosas hablan de amor,
transmitiendo el calorde un corazón
enamorado,que no será jamás olvidado...
Si las rosas marchitan,el amor siempre vive,
al tiempo resiste,si en el corazón aún existe...
Las doce rosas, siempre te hablarán de mi...
Del cariño que tengo por ti...
Del deseo que vive en mi corazón,
de volver a sentir la emoción de besar tu boca,
con la ansia loca que siempre
siento junto a ti, amor mio...
Ten siempre las rosas
dentro del corazón...

O USO DA TECLA DEL

Existe uma teclinha em todo computador,
pra ser usada... está a nosso dispor...
Quando uma mensagem lhe chatear,
não adianta esbravejar...
Discutir é bobagem... é um triste papel...
Use adequadamente a tecla DEL...
Ela limpa tudo o que estiver lhe chateando,
sem que você perca tempo brigando...
Não embarque nessa viagem,
de brigar por qualquer bobagem...
é mais fácil que comer pastel...
Use a tecla del...
Não se chateie e nem se aborreça,
se de algo você não gosta... não se esqueça
de que certamente haverá
alguém que disso gostará...
Não adianta brigar,
nem tampouco se chatear...
Não seja um chato revel,
USE, PÔ, A FAMOSA TECLA DEL...
Experimente... experimente...
Delete, e não mais se lamente...

TEMPO DE AMAR

Queriam saber quando seria
O tempo certo para se amar...
Como alguém saberia,
Se existe tempo para o amor iniciar...
Se amor é feito de emoção,
De carinho, de amizade,
De desejo, de paixão...
Sendo assim... na verdade,
Ele surge de repente.
Chega sem sequer avisar...
Então, sinceramente...
Como saber, qual o tempo para amar?
É sempre o tempo que nos resta de vida,
Pois o amor não tem tempo nem hora...
Basta encontrar-se a pessoa querida,
E ao amor entregar-se sem demora...

UM MENINO ARTEIRO

Um menino arteiro, de espírito aventureiro,
que adorava as histórias do Zorro,
na base do mato ou morro...
Viveu venturas e desventuras,
em imaginárias aventuras...
Aventuras de tão imaginadas,
que acabaram realizadas...
Elaborava mil roteiros,
e aconteceram quase por inteiro...
E como foi duro,
esperar pelo futuro,para realizá-las...
Enquanto estava a sonhá-las,
eram outras suas aventuras...
Sempre dizia, "de cachorro,jamais corro"...
E em sua lembrança,vêm os pomares da vizinhança...
E eram as goiabas,e também as jaboticabas...
Assim "conquistadas", tão deliciosas...
Como eram saborosas...
"Ai que saudade que tenho",quando disso a lembrar-me venho...
São lembranças tão vividas,"da aurora da minha vida"...
Adorava roubar flores,encantado por suas cores,
e à minha mãe oferecia, quase todo dia...
E ela me beijava agradecida,
pelas flores que recebia comovida,
mesmo sabendo como as conseguia,
mas o vizinho nunca me via...
E das vidraças, sequer imaginava
quem as quebrava...
Meu espírito aventureiro,sempre livre por inteiro,
levou-me a lugares distantes,
numa experiência de vida,jamais esquecida...
Mudei rumo, descobri novo caminho,
vivi, viajei, conheci...Muita experiência adquiri...
Eis-me de volta ao meu cantinho...
Mais vivido, mais experiente,disposto a viver, simplesmente...
Amores vividos, amores tidos,amores igualmente perdidos...
Sempre muitos amores,dando à vida novas cores...
Mas um espírito assim aventureiro,quer um amor total, por inteiro...
O importante é viver a vida,vivendo-a como deve ser vivida...

UM NOVO CASAMENTO

Quando se encontram casais que estão juntos há anos, a primeira pergunta que surge é: como vocês conseguem?

Na verdade, do jeito que as coisas andam, em que os casais se separam com a mesma rapidez com que se unem, é um pouco intrigante se encontrar esses que permanecem juntos, ano após ano.

Um homem teve a oportunidade de escrever a respeito, detalhando a sua experiência de homem casado, há 30 anos, com a mesma mulher.

Diz ele que o segredo do casamento não é a harmonia eterna.

Existem os desentendimentos, as rusgas. A solução é ponderar, se acalmar e partir de novo com a mesma mulher.

O segredo, diz ainda, é renovar o casamento e não procurar um casamento novo.

Isso exige alguns cuidados, esquecidos no dia a dia do casal.

De tempos a tempos é preciso voltar a namorar, a cortejar.

Fazer uma nova lua de mel, sem os filhos para exigirem atenção.

Olhar para o outro como um pretendente em potencial. Sair para dançar, para olhar a lua e as estrelas.

O que acontece quando a pessoa se divorcia e casa de novo?

O mundo muda, o marido muda, o bairro, os amigos. Tudo muda.

Então, não é preciso se divorciar. Basta mudar. Convenhamos que ninguém agüenta a mesma mulher, o mesmo marido por trinta anos, com a mesma roupa, o mesmo batom, o mesmo papo.

Bastam alguns detalhes para tudo ficar diferente. Troque os móveis da casa. Se não puder comprar novos, então troque os antigos de lugar.

Redecore a sua casa. Modifique o ambiente. Plante flores diferentes no jardim.

Troque o guarda-roupa, o corte de cabelo, a cor do batom, a maquiagem.

Quem se divorcia, normalmente perde peso, em pouco tempo. Verifique se você está acima do peso e decida-se a perder o excesso.

Renove-se. Encante o outro, de novo. Reconquiste-o.

Não mantenha somente os mesmos amigos. Conquiste outros. Permita-se conhecer novas pessoas.

Saiam com outros casais. Mas também a sós. Reaprendam o prazer de conversar, de sussurrar segredos um no ouvido do outro.

De rir de pequenas tolices. De tomar sorvete na mesma taça. Partilhar uma pizza. Lambuzarem-se comendo uma fruta da estação.

Não realize sempre os mesmos programas, toda quarta, todo domingo. Inove. Surpreenda.

Todo cônjuge precisa evoluir, estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensado fazer no início do casamento.

No trabalho, para crescer profissionalmente, se faz isso. Por que não no casamento, na própria família?

Tudo isso quer dizer: descubra o novo homem ou a nova mulher que vive ao seu lado.

Em vez de sair por aí, tentando descobrir um novo e interessante par, olhe para o lado e case de novo... Com o mesmo cônjuge.

* * *

A melhor estratégia para o casamento não é manter uma relação estável, sempre igual, mas saber mudar junto.

É aprender a importante lição de como crescer e evoluir unidos, apesar das desavenças, dos pequenos desacertos.

Tenha certeza de que seus filhos respeitarão sua decisão de se casar de novo... Com o mesmo par.

A MULHER QUE EU AMO

A mulher que eu amo
tem nome de princesa
e até título de nobreza
conquistado na aspereza
que a vida costuma ofertar.
A mulher que eu amo
traz nas mãos muita magia,
é a razão da poesia
e é quem por amor me acaricia,
me protege como cria
e me ensina a caminhar.
A mulher que eu amo
é fonte de toda a ternura,
é luz que brilha em noite escura,
é sonho, é delírio, é loucura,
é antídoto para a amargura
que a solidão teima em mostrar.
A mulher que eu amo
me aquece nas noites de inverno,
me alimenta em colo macio,
me trata como um menino
que a todo instante se faz fugidio,
mas que fez do seu ser um lar.

ÁFRICA

Trilhas estranhas, histórias, tormentos,
trevas, tropeços, portas trancadas,terras,
fronteiras, cicatrizes expostas.
É sina do homem crescer pela dor.
Conflitos, abismos, batalhas, loucura,
o cheiro de sangue, o medo, a tortura,
na fúria da guerra a fome consome,
em teu colo a criança, não chora, não come.
Lágrimas não chovem, ressecadas as pétalas,
caminhos incertos, agoniza o sonho.
O rio minguou, o leite secou,
olhos vidrados espelham a dor.
Teias estranhas, nem sei o teu nome,
só sei que és negra e padeces de fome.
No berço do homem deserto de amor,
morre a mingua um filho do Nosso Senhor.

E POR FALAR EM VOCÊ

Ruas, travessas, becos, esquinas,
sacadas, varandas, janelas entreabertas,
o tempo nublado, calçadas molhadas,
a chuva miúda, o cheiro de terra,
momentos de espera, estou tão sozinho,
o barulho dos carros apressados que passam,
o mês é setembro, quase primavera.

Andar sem sossego por toda a cidade,
tomar um conhaque, fumar um cigarro.
Melhor ir para a casa compor um poema,
dedilhar no piano um velho bolero,
sussurrar o seu nome, você está tão longe,
o telefone que toca, desculpe, é engano!
Continuo lhe amando, apesar dos enganos.

Comprei seu perfume e espalhei pelo quarto,
ainda sou um romântico, daqueles incorrigíveis
e o seu retrato ainda mora na cabeceira da cama.

Já são mais de dez horas nessa cidade nublada,
faz tanto tempo que a saudade é um tormento,
queria poder viajar pra bem longe,
queria poder me encontrar com você,
tentar refazer, acertar desta vez.

Os meus muitos defeitos: alguns consertei.
O livro de contos, ainda não terminei,
para ser bem sincero, a muito não pego,
já faz algum tempo, só escrevo poemas:
o mesmo tema de sempre...

E por falar em você...

quarta-feira, 27 de junho de 2007

Mensagem do dia - Reorganiza a vida e busca o equilíbrio.

Este teu cansaço contínuo, acompanhado de insatisfação
e de mau humor, é um sinal vermelho de perigo em sua vida.

Resulta da maneira irregular de como vens aplicando os teus
recursos e energias, sem o competente refazimento.

Não te bastará dormir, dar descanso ao corpo, se
permanceres emocionalmente inquieto, ansioso.

Assim, dá um balanço dos teus atos, medita em profundidade e
perceberás que te está faltando o "pão do espírito", que nutre e reconforta.

Reorganiza a vida e busca o equilíbrio, enquanto é tempo.

DONA DO MEU CORAÇÃO

Flamejantes desejos que em mim despertas
Vespertinas horas de tardes incandescentes
Que pela noite entram de madrugadas cobertas
Meus anseios mais profundos e decadentes.

Flamância de anelos com que me alimentas
E aquietas os meus dias cobertos de fragor
Revérbero solstício de verão com que adentras
Reluzentes manhãs de charme e de amor

Quem dera que tudo isto não fosse só um sonho
Misticismo e devoção de ofício certo
Apaziguado por açucenas e flores de medronho.

Vigoroso olor que a chuva traz e deita no chão
Fragrância dispersa que cai aqui por perto
Pois que és tu mulher a dona do meu coração.

PARA SEMPRE

Somente os momentos bons quero levar comigo...
Tudo que possa me trazer alegria!
Os momentos de tristeza vou esquecer
que passaram por mim um dia...
Quero levar lembranças eternas,
dos sublimes momentos do nosso amor,
feito um quadro na parede a desafiar os anos...
Do beijo mais doce que nos acalentou!
Quero nosso riso fácil,
quando a vida nos era um jardim florido,
quando os sonhos que traçamos juntos eram todos coloridos!
Quero apenas o melhor de nós,
do nosso breve tempo de paixão...
Mesmo que tenha sido em minha vida,
um vento pueril...
Chuva de verão!
Quero fazer de conta que é questão
de tempo a sua volta, o seu carinho...
Que um dia o acaso nos abra novamente a porta
em qualquer curva do caminho.
Por enquanto, deixo as folhas secas do outono
levarem o vento,
como se fossem cobrir a estrada em que você passa
e os meus pensamentos...
Quero o registro de um beijo no rosto,
como se fosse voltar às dezoito horas...
A rotina de coisas que me deixaram com gosto
de que o nosso amor jamais iria embora!
Quero alegria nos dias que passarem,
nenhum peso de qualquer lembrança triste
que eu tenha vivido,o agradecimento do tempo
que tivemos,por mais breve que tenha sido.
Quero-me qual o rio,
representado nas corredeiras...
Buscando o mar a vida inteira!
Brotando as flores rasteirinhas,
o revoar das andorinhas...
Quero a consciência que valeu,
muito embora tenha acabado!
Quero esquecer que doeu...
No abraço que deixei guardado!
Quero seus beijos pelo vento,
perdidos nas noites de lua...
Quero sua presença nas lembranças dos casais
pelassolitárias ruas.
Se não voltar,quero a doçura da saudade,
na ternura dos momentos...
Se não voltar, quero que saiba para sempre vai
seguir em minha vida,para sempre estará em meus pensamentos!

Julgamentos...

Julgar é no lugar do outro se colocar
não se pode isso pretender, impossível acontecer,
Não se pode uma mente alcançar
Não se pode saber o que levou outro a errar

Nem se pode conceber como pensa outra mente
Não se pode invadir outros pensamentos
Ninguém conhece o que provocou um momento
Nem a historia que vivenciou estes sentimentos

No máximo podemos um ato condenar
Mas nunca mesmo, pretender a pessoa julgar
ninguém conhece nem a si perfeitamente
Não pode avaliar suas próprias reações em um instante

A emoção geralmente é dissociada da razão
Ela age conseqüentemente por impulsão
nos momentos passionais da paixão
Onde não há racional explicação

Se lembre que quando julgamos nos revelamos
Transparecendo a forma que pensamos
Tanto as moralidades, quanto as indignidades
Portanto, não julgue, não condene, muito menos sentencie...

Senão certamente se revelara,
pelo seu julgamento e será julgado,
Certamente condenado,
e também sentenciado...

RELAXA E GOZA

Mas pra quê tanta preocupação?
Não há motivo pra tanta aflição,
pra tanta revolta e irritação.
A vida de todos tem sido de paz.
O que vocês querem mais?
O ser humano está cada vez mais valorizado
e em lordes tem se transformado.
Filhos têm sido bem criados
e excelentes retornos, tanto aos pais
quanto a sociedade, têm dado.
Apenas, às vezes, num momento de infantilidade
surram pessoas inocentes
a fim de roubarem seus pertences
ou talvez surrem por maldade,
mas isso é coisa da idade.
Como dizem seus pais
eles ainda são crianças demais
para pagarem por suas brincadeiras
e suas inconsequentes asneiras.
Ah...e também esses jovens se enganaram,
eles inocentemente acharam
que se tratava de uma prostituta
e essas podem ser espancadas,
pra eles isso é uma verdade absoluta.
Prostitutas não sentem dor, não ficam machucadas,
sequer têm coração para serem magoadas.
Acho que o pedido de um pai imbecilizado
deveria ser rapidamente acatado.
Prisão pra quê?
Eles são crianças estudiosas e trabalhadoras,
responsáveis e promissoras.
Eles têm carro, saem para de se divertir
e nas suas agradáveis madrugadas
espancam covardemente pessoas desavisadas,
trabalhadoras e sacrificadas.
Pessoas que precisam acordar antes do sol nascer
para da saúde cuidar e seus exames fazer.
A população precisa entender
que prisão é para bandido
não para meninos maus e incompreendidos.
Meninos maus devem viver em sociedade
até que matem alguém de verdade,
até que, por total infantilidade,
descarreguem um três oitão
em algum pobre e inocente coração.
Se essa insignificante situação
está lhe incomodando eu tenho a solução.
Vá viajar, em outros países vá relaxar,
no aeroporto você terá tempo pra pensar
em tudo que eu acabei de comentar,
pois pelo menos umas vinte horas
você vai ter que esperar
até o momento de embarcar.
Mas vinte horas é pouco tempo,
portanto, relaxa e goza
e curta esse adorável momento.

Amor Impossível

Dizem que a Lua e o Sol se apaixonaram
e muito sofreram por nunca terem se encontrado...
e que Deus para compensar deu ao sol a Luz e o Calor,
e à Lua a companhia das Estrelas para encantar os enamorados,
numa forma de amenizar sua tristeza e sua melancolia
por nunca ter podido encontrar o sol, o seu amado.
Talvez assim tenha surgido o Amor impossível.
Deste princípio muitos amores se perderam no tempo
por acreditarem que realmente existia :
Um amor impossível
Mas a força do amor é tão grande, tão perfeita, tão poderosa
que nenhum amor é impossível !
Nem o amor entre o sol e a lua é impossível.
Loucura?
Não!!!!
Eles esperam a chegada do outono
para deixar o misterioso encontro acontecer !
Esse maravilhoso amor começa ao entardecer,
quando a lua aparece com toda sua sutileza e chama a noite ,
sua velha e fiel companheira,
somente para esconder seu amado.
Passam a noite inteira se amando sem que ninguém os veja juntos,
pois as estrelas com seu brilho tornam-se cúmplices dos dois
atraindo os olhares para si,
enquanto o mar , na sua imensidão, reflete
a luz e as vibrações da lua ao amar e ser amada

E ...no dia seguinte,quando amanhece ...
e o sol aparece com todo seu esplendor de felicidade
por ter amado sua amada,
ainda podemos ver a lua, vagarosamente,
como se ...não quisesse ir embora,
dando até breve para seu amado.

Só os dois sabem que logo mais ,num novo entardecer,
voltarão a se amar até o último dia do outono,
quando lhes é permitido mostrar um pouco do seu amor,
ou quiçá por toda a eternidade.
Mesmo que tentem separar
O Sol da Lua , ou Você de Mim
jamais conseguirão
O maravilhoso milagre da natureza mostra que não existe
" Amor Impossível "

DESEJOS OCULTOS

Ah!quem dera ser a flor do campo
para enxugar meu pranto
e a felicidade abraçar!
Nas asas dos sonhos voar
No coração de um poeta pousar
Um ninho de ternura encontrar
e a dor exilar
A tristeza apagar
Com raios de sol a vida
iluminar
Com o céu de estrelas os dias
bordar
Às fantasias me entregar
Com a primavera me banhar
Os desejos lascivos beijar
e com as loucuras do amor
me deliciar
Ao vento as folhas do tempo soltar
A paz no coração encontrare de solidão nunca mais chorar
Ah! se não fosse esta mão que teima
em escrever crueldades
Versos fortes cheios de ferocidades
Pintados com o manto da falsidade
Ou quem sabe de verdades
que o sorriso rasgado consegue ocultar
Porque a varinha de condão
não pode a realidade mudare os desejos ocultos realizar!

CANTOS E ENCANTOS DA SEREIA

Porque tantas vezes me acordas no meio da noite?
Para embriagar minha alma com tua melodia?
Teu canto é encanto meu amor!
Me leva a nostalgia
e uma embevecida alegria.
É isso que querias?
Então já o tens.
Tens-me levado
ao teu mundo de amor,
onde a cor é imaginação,
vivência, alegria e recordação.
Que eu não seja desperto desse encanto.
Quero permanecer assim,
embriagado de amor!
Sonhar e viver esse lindo sonho
na paz do teu canto,
que encanta-me a alma,
nessa calmaria do teu
mar risonho.

Mar de estrelas

Mar de estrelas refletidas nas águas do oceano,
andante sorriso em ondas acarinhando à areia,
reascendendo a mansidão em tuas mãos qual uma candeia
iluminando os astros e os céus num canto que amo.

Amar tal Mar_ia. Ria à estrela dos mares;
eis-te guianuma caravela de alegrias acenando a mim...
Olho à água brotando do anjo, menina querubim
garoando a seiva em brilhos de cadente harmonia.



Utopia azul, elixir sagrado em gotas de anis,
embriagando toda vazante na rebentação;
inda outra noite olhei para aquela constelação
recordando a dádiva que me deu a cor do teu giz.



ÀMaria! Tuas mãos são feitas quais estrelas do mar,
mescla de magia espelhando lume e prata às marés,
Astréia na forma de mulher das águas; veste a fé,
remando de encontro ao luzeiro, poente do teu olhar.

Herdeiros dos sonhos

Devaneios de um velho no banco da praça,
engolindo os anseios da agônica fome
pairando nas horas da vida que some
do olhar ancião. Essa morte acenando é graça.


Vai retirante, crava a enxada nesse chão,
recolhe a arroba ordinária dos canaviais.
Às cabeças, cospe o senhor dos animais,
o parco metal é a paga do pobre cão.


Cai à noite tragando a palha e um até quando?
Sobe a fumaça junto à lágrima que sai
consumindo a última força do seu mudo ai.
Em nome do pai e do filho... Vai rezando.


A velhice é cruel e a fraqueza já grassa,
arrasta a dor do corpo e seco de prantos
lembra-se de um homem sentado no banco
que viu o velho tombando na mesma praça.

Epílogo

Uma brisa amaina as horas do sol
que deixa tudo na cor bronze.
Os olhos secos e poeirentos
com força e vigor brilham na face
vincada pelo tempo.
Tempo inclemente,
dia a dia esconde o semblante.
E nos rostos dos passantes procuro uma imagem,
perdida, vaga, farsante,
mas ainda em minha mente.
Lembranças que se esvaem no negrume do vácuo
do silêncio que ameniza as verdades...
Nesta vida tudo é questão de tempo,
nos diferentes tons de branco-saudade.
Escrevo meu epílogo.
Jogo fora os " eus " que carrego.
Sou tantas e são tantos os meus " eus “
que já não os quero, nem recordo.
No espelho vejoeu-viva,
eu-mortaeu-anônima,
eu-passado;
eu-paixão;
eu-grotesca;
eu-funesta;
eu-arrogante;
eu-errante;
eu-passante,
cega, pedinte,
Nenhum eu especial....
Todos à deriva,
meus e pequenos " eus"
presentes e presos no meu grito,
escancarados, esparramados, encurralados " eus ",
eu-sem-saída, trágico epílogo,
eu-sem-final....

Compromisso fraternal

Nunca te esqueças, nos teus empreendimentos espirituais, dos companheiros desencarnados, na retaguarda do processo da evolução, ainda mergulhados na dor sem nome ou no desespero sem consolo.
Talvez não os ouças, nem os vejas ou sequer os sintas.
Eles, porém, convivem na mesma psicosfera, ou melhor, encontras-te mergulhado no mesmo clima psíquico onde eles se movimentam, já que não se liberaram das conjunturas carnais, quando lhes ocorreu a morte dos despojos físicos.
Intercambiam com os homens, muitas vezes, sem que estes tenham consciência, experimentando as suas emoções e ansiedades, as suas paixões e problemas, ansiosos uns, por se comunicarem, outros, por fazerem-se compreendidos, diversos, por lograrem desforços infelizes, inúmeros, por volverem à reencarnação...
Nesse complexo emitir-absorver de vibrações, terminam por influenciar o comportamento das criaturas, gerando dependências, muitas vezes, passando a depender também.
Inclui-os nas tuas orações, pensando neles, cooperando com eles.
Quando menos esperes, romper-se-ão as amarras carnais e aportarás à vida, no plano espiritual...
Irás adensar a população em que eles ora se encontram.
Quiçá, na oportunidade, já hajam retornado muitos destes irmãos desconhecidos.
Será, então, a tua vez de acercares-te deles. Compreenderás o que agora sentem, o que gostariam de conseguir, pudessem comunicar-se mais ostensivamente contigo.
Faze por eles hoje, o que gostarás que façam a teu benefício amanhã.
Ama-os, envolvendo-os em vibrações de ternura e bondade.
... E cuida de iluminar-te, interiormente, pelo estudo e pela ação do bem, evitando futuras aflições desnecessárias.
*
Sempre estarás na vida.
Mergulhado na matéria densa ou fora dela, torna-te instrumento de fraternidade para com todos perseverando nos bons propósitos, mantendo este compromisso fraternal, mesmo que sob o alto preço da renúncia e da abnegação.
Outro não tem sido, há milênios, o permanente comportamento de Jesus em relação a todos nós.

Juras

Aún puedo jurar por tu-mi amor?
Descríbeme la noche como lo hiciste la otra vez,
hazme perder en tu regazo, cura mi dolor,
habla de nosotros,
háblame del mañana hasta adormecer.

Cuando pasa la madrugada y no te tengo,
parezco quedar embriagado con mi añoranza,
no aparezco en los espejos, ninguna luz va de los ojos
,no tengo donde asegurarme,
el cuerpo queda perdido en la cama.

Ven, tráe junto a mi el viento,
la lluvia, no importa,quiero el remedio de mis locuras,
para no curarme,no quiero luchar para olvidar,
quiero recostar para adormecer dentro de tu desnudez.

Di que no, hablas más de amor,
yo digo que amo,preciso volar,
contar mis secretos, hablar de nada,
sólo mirar tus ojos cuando gozas de pasión,
después mansito ruedo tu cuerpo y beso la boca.

Aún puedo jurar por amor, por la inocencia de querer,
apoderarme de lo que prometemos,
hasta de lo que apenas soñamos,quebrar la palabra,
perdonar nuestros juramentos y de nuevo prometer,
diciendo palabras en el oído que sólo tu sabes escuchar.

Vamos a pintar nuestro mundo de colores más fuertes
que el solpara calentar las paredes por dentro y por fuera,
desparramar estrellas en el techo de nuestro cielo de juguete,
escribír de rojo en las puertas, abrir las ventanas para la luna entrar.

Quiero oír versos cantados en la plaza por donde pasas,
que hablen tu nombre mezclado con el de otras mujeres,
pero que separen mi amor de los otros,el que me dio tantas mañanas,
ella que tanto me amó.

Eu

Quero cada pedaço de vida, cada sentimento, cada sim,
preciso brincar de viver, sorrir de viver, amanhecer vivo,
tenho que caminhar, saber que existo, que sou corpo, alma,
sinto-me criança, adulto, velho, hora, minuto, eterno.


Sou o futuro, o amanhã, nunca o ontem, o desatino,
posso não ser sucesso, jamais a decepção, a falsidade,
talvez nem tenha brilho, mas não sou cinza, tenho calor,
sou erro, acertos, desculpas, perdão e recomeço.


Preciso da vida, das pessoas a minha volta, de um amor,
quero apaixonar todos os dias, declarar a mesma mulher,
abraçar os que chegam, rezar pelos que vão da carne,
adormecer sem medo, sonhar em cores, cantar desafinado.


Sou o que chora, que busca a felicidade, que as vezes machuca,
reconhece, pede perdão, que sorri, que abraça, que tenta,
que se decepciona, que tenta, que voa, que cai, que levanta,
que caminha, que cansa, que pára, que sofre, que morre.


Tenho felicidade pra oferecer, o peito pra guardar amor,
aprendi a desenhar caminhos para esperança, atalhos para tristeza,
tento ser forte quando necessário, humano sempre, suficiente,
sou fã da lua, amigo do sol, colecionador de estrelas.


Tenho uma vida pra cuidar, uma vida para amar, uma vida pra viver,
uma paixão que me leva pro céu, um amor que dá razão pra abraçar,
caminhos letras, cadernos, livros, sonhos, paixões, amores,
sou um homem comum no espelho na alma de um poeta apaixonado.

Pensamentos de você

Meus braços são dias,
minhas esperas são de paixão,
como a vida que corre meses,
o nunca é me esquecer em você.


Começo o caminho no amanhecer,
fotos são imagens santas,
os altares, cama,
forrados dos lençóis vazios sem você.


As vezes não tenho frio, sou o gelo
outras, sou calor como sol,
quando seu corpo cabe em meu colo
sou amor, seu, somente e amor.


Deixe-me a espera mais um dia,
falo sozinho, não importa,
se perguntar da saudade, tenho,
sua, sem tempo de parar, e amo.

COM CERTEZA

Sempre a crescer
Constante fica a presença
De que valeu reconhecer
A busca da tantas tentativas
No saber de que é válido
Viver cada dia com incessante iniciativa
Encontrada em toda uma certeza
De um caminhar de muita espera de certo
Por momentos marcados, de muita beleza
Entre os dias iluminados e despojados
E das noites de tantos brilhos
Como também tempestades tenebrosas
Com segundos de revolta
Mas sabendo que vale a pena
Viver no amor com certeza

Transformação

Não deveríamos manter os vícios confinados dentro de nós como prisioneiros.

Prisioneiros estão sempre planejando escapar.

Se os transformamos em nossos amigos, eles podem nos ajudar.

Por exemplo,
a energia necessária
para a teimosia
é quase igual
a da determinação,
exceto que uma é positiva
e a outra negativa.

A alma aprende a transferir
tal energia.

Raiva torna-se tolerância.

Ganância vira contentamento.

Arrogância muda para auto-respeito.

No amor, almas se tocam...

Sentimos noite fria,
como se fosse manto,
cobrindo ausência da alegria.
Desafinamos cantos,
tristeza sentida nas notas,
ecoa soluços e prantos.
Na ausência do calor,
pedimos toques que suavize dor,
carinhos com centelha de amor,
para iniciar cantos de louvor.
Clamamos presença do amor!
No frio arrepiante,
despimo-nos dos medos,
largando-os aos ventos uivantes.
Nossos lábios pronunciam uma prece,
percebemos que dessa tristeza,
nosso coração não carece.
Suplicamos calor, contido no amor!
Em atos sublimes almas se tocam...
Sorrindo, recebem-se...
Aquecem-se!

Aqui...

Estou aqui, mas você nem notou...
Sempre achando que eu posso esperar,
que a solidão não vai matar...
Que outro alguem não chegará...
que estarei a disposição
pra quando você estender as mãos...

Não percebeu que a alegria sumiu...
que meu olhar não mais sorriu...
que meu coração se partiu...
meu castelo ruiu...

Sempre ocupado.
Não podes me escutar.
Mas tens tempo pra cobrar...
Julgar.

Acusas-me de omissão
sem perceber que tua opressão
há muito me calou
fico só observando...
esperando...
Sinto que amanhã te direi não!

Tens a chance de me enlaçar
e esta estória reescrever.
Ainda estou aqui.
Ainda quero você...

Mas se você não despertar...
Ainda assim estarei aqui,
não mais porque você assim determinou.
Estarei aqui pra recomeçar
exatamente de onde cai...

UMA SÓ PAIXÃO

A noite se estende à minha frente,
Misteriosa, com ar de mistério
Mas com jeito de vitoriosa....
Tateio seu corpo
Corro por labirintos desconhecidos
Os anseios, se estendem em meu corpo
Por sensações determinadas
O pensamento não dá trégua
Vagueia, ora pelo meu pensamento
Ora pelo corpo excitado
Idealizando, construindo fantasiasS
e fazendo presente no amor
Se fazendo presente no sexo
O tesão reage ao menor contato dos corpos
Parece um vulcão, queimando, ardendo em fogo
São atos feitos sem pensar, puro instinto
Formados com a força do amor
Minha pele arrepiada
O coração batendo forte
As palavras são de amor e de obecenidades
O sangue acelera nas veias
Seu corpo se abre
Seu corpo se entrega ao meu
O calor crescente, se mostra
Corpo a corpo, sentido a sentido
Num brilhar do luar
O vulcão jorra, explode dentro de você
Meu corpo se enrijece,
Nossas faces se afogam e...
Vivemos este momento...só nós dois
Dentro de seu corpo meu fluido chega forte, quente.
Um final único
Duas pessoas nuas de mundos diferentes.
Mas, uma só paixão!

Abandono

Tanto faz estar nessa eterna cruzada,
pois quanto mais eu tento o abandono,
usando a força se levanto essa espada,
abro as trincheiras e vejo o meu carbono.

São os lenços recolhendo o meu pó,
a canseira bebendo a noite desolada,
e a nota presa e enforcada num cipó,
dançando a dança na balança do nada.

Findam as juras ante o brio dos castiçais,
posto em fuga qual covarde entregue ao chão,
chorando às minguas a quebranta dos cristais,
já no fim da linha a ironia deplora o perdão.

Navegando nesse imenso mar de sequidão,
encontro o rumo d’outra estrela em desvario,
ora o azul clareia a noite e beijo a constelação,
então explodem as luzes desse hálito tão anil.

Rompe o leve véu na flor de minha aurora
se amanhece uma brisa fina e encantada,
corro em busca do ponteiro sem a hora,
e na fuga atropelo outra alma apaixonada.

MUITO MAIS QUE UM PRISIONEIRO

O amor chega como um pássaro que canta;
O amor encanta com tanta espontaneidade
E com virtudes poderosas... e são tantas,
Que não há como ignorá-las, de verdade.
Alguns o prendem em gaiolas coloridas
E o exibem como um lírico troféu;
Aprisionam, entretanto, suas vidas,
Mas todo pássaro extasia-se com o céu.
Até que um dia, a porta aberta da gaiola
Mostra, lá fora, mais que um céu de passarinhos;
O amor, então,esquece a grade que o isola
E se consola com a ilusão de outros caminhos.
O amor é assim, pode voltar a qualquer hora;
Há alimento e solidão no cativeiro
Mas quando o sonho de voar fica lá fora,
Ele se sente muito mais que um prisioneiro.

Bom Dia

Que hoje seja, para você, um dia de muitas alegrias;

Que você sinta no peito aquela premonição de que
algo de bom há de lhe acontecer;

Que você sinta bater na sua face a brisa da amenidade;

Que você consigar olhar com carinho para a natureza;

Que você esteja com o coração cheio de amor;

Que você prefira que as rosas permaneçam na roseira;

Que a sua manhã seja de esperança,
a sua tarde seja de realização dos seus sonhos
e a noite seja de plena, de suave tranquilidade;

Que você seja durante todo o dia seja abençoado por Deus;

Que você se lembre de agradecer as graças recebidas;

Que a felicidade continue sendo sua companheira.

Rosas Vermelhas

Minha amada, trouxe suas rosas amarelas,
Por que hoje estou quente como esta cor.

Minha amada, trouxe suas rosas chá,
Por que hoje quero um amor de mansinho.

Minha amada, trouxe suas rosas brancas,
Por que hoje estou em paz, quero somente dormir ao seu lado.

Minha amada, trouxe suas rosas vermelhas,
Por que hoje quero " botar fogo " nesta casa.
Vamos explodir em beijos múltiplos,
Amar como os famintos,
Gozar esta plenitude a noite toda
E ao amanhecer dormir feitos passarinhos
E eternamente amantes.

MULHER ENLUARADA

Procura-se uma mulher sardenta,
mais ou menos um metro e sessenta,
cabelos claros, desgrenhados,
olhos verdes e abusados.
mais sedutora que aparenta,
lábios grossos e encharcados,
doce veneno que atormenta.

Procura-se uma mulher derradeira,
com garras afiadas, guerreira,
acostumada a tecer feitiços
e não há como acabar com isto!
Diz que é a musa dos meus sonhos
e dos meus versos mais tristonhos.

Procura-se uma mulher enluarada,
pele branca e orvalhada,
envolta em fios de ternura,
desses que levam qualquer homem a loucura.
Quem souber não se arrisque, tenha juízo!
Seu ataque é rápido e preciso...

Nem queiram saber do que ela é capaz!

terça-feira, 26 de junho de 2007

A Bagagem

Quando sua vida começa, você tem apenas uma mala pequenina de mão...A medida em que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando porque existem muitas coisas que você recolhe pelo caminho, por pensar que são importantes ...

A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável carregar tantas coisas, pesa demais, então você pode escolher: ficar sentado a beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem. Você pode ficar a vida inteira esperando, até que seus dias acabem...Ou você pode aliviar o peso, esvaziando a mala.

Mas, o que tirar?

Você começa tirando tudo para fora... veja o que tem dentro: Amor, Amizade... nossa! Tem bastante, curioso, não pesa nada...Tem algo pesado... você faz força para tirar... era a Raiva - como ela pesa!

Aí você começa a tirar, tirar e aparecem a Incompreensão, Medo, Pessimismo... nesse momento, o Desânimo quase te puxa pra dentro da mala...Mas você puxa-o para fora com toda a força, e no fundo da mala aparece um Sorriso, que estava sufocado no fundo da sua bagagem...

Pula para fora outro sorriso e mais outro, e aí sai a Felicidade...

Aí você coloca as mãos dentro da mala de novo tira pra fora um monte de Tristeza...

Agora, você vai ter que procurar a Paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante...

Procure então o resto: a Força, Esperança, Coragem, Entusiasmo, Equilíbrio, Responsabilidade, Tolerância e o Bom e Velho Humor. Tire a Preocupação também.

Deixe de lado, depois você pensa o que fazer com ela...

Bem, sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo.Mas, pense bem o que vai colocar dentro da mala de novo, hein.

Agora é com você.E não se esqueça de fazer essa arrumação mais vezes, pois o caminho é MUITO, MUITO LONGO, e sua bagagem, poderá pesar novamente.

ESQUECER VOCÊ

Esquecer você
Triste ilusão Como por acaso
A cada instante
A cada momento
Sua face se retrata...
Minha vida e uma tormenta
Que vive em busca
Do porto seguro
Fugindo dos raios
Das tempestades
Das lembranças.
Tentando apagar
Tentando esquecer
O seu sorriso
Seus carinhos
Seus abraços
Seu rosto.
Mais não consigo
É um delirar continuo
É um pranto escondido
É um amor adormecido.
Que ressurge
A qualquer momento
E a qualquer lugar
Vejo seu volto chegar
Ressurgindo das cinzas
Do nada pra me abalar.

TEUS PENSAMENTOS

Teus pensamentos cheios de amor,
apenas estão querendo o calor
de um corpo amado junto ao teu...
se chamas pelo meu,procurarei
depressa chegar,pronto para te amar,
para a agitação de teu corpo acalmar...
Se me esperas ansiosa, querida,
te ofereço meu coração, minha vida...
Se assim me queres,se é assim que preferes,
saiba que quero apenas te adorar...
tuas dores da alma, posso tratar...
e apenas de amor te falar...
Ao teu lado caminhar,
sem pensar em te deixar...

JOGO DO AMOR

Neste jogo do amor,
as palavras seduzem...
e,mesmo à distância
eu sinto o
teu sorriso de amor...
teu abraço...
teu beijo sensual...
teu corpo colado ao meu.
Palavras...
um jogo de palavras
que aquecem o coração,
que embaladas na distância
de corpos,
fazem do coração uma festa...
Festa sem fim
neste jogo do amor
apenas com palavras.

POESIA PARA MARIA

Nessa chuva que hoje renova toda a floração,
toca a canção das gotas escoando em romaria,
eleva às brumas como a pureza da sublimação,
grifando a brancura do seu sorriso e sua euforia.



Maravilhar-se com a voz das infantes cantigas
que acalantavam os sonhos ao som da calmaria,
em histórias inventadas ou nas fábulas antigas,
ora, uma crônica, ou um conto, ou nessa poesia.



Maria-condé, vai brincando em seu barco de passagem,
Maria-de-barro, que de tanto amar fez um canto a João,
Maria-fumaça, conduzindo a vida e alegrando a viagem,
Maria-rendeira, cerzindo as noites no véu da constelação.



Maria-branca com seu vôo ou dores de mulher,
mulher que não se dobra e vence o seu cansaço,
cansaço que deslumbra e afronta um malmequer;
Bem-me-quer Maria como as linhas que lhe faço.

GLÓRIA AO DIA

Horizonte do além encanto do céu
levantar do Sol expressão do silêncio
maciez da suavidade
pássaro canta melodia alma do amanhecer
anunciando primavera
rosa branca incandescente
flor do amor
brisa do vento entre folhagem
terra imersa ladeia um rio
margem contorno do etéreo
mar levando palavras ao vento
manifesto do pensamento
eco do caminho da consciência
gloria a vida.

Meu luar

Quando eu te vi tão linda a brilhar
Espalhando tua luz bem sobre o mar
Emudeci, me extasiei, faltou meu ar

Majestosa, vestindo negro cintilante
Enfeitada, pedrejada com o brilhante
A seduzir, a convidar o amor amante

Tão solitária, tal qual a minha alma
Vagando triste a noite assim de calma
E perilampos a festejar batendo palma

Igual meu mundo, seu mundo a seduzir
A adiar o momento nessa hora de partir
Retendo o instante dessa magia a sorrir

É a lua amada, idolatrada e registrada
Traz a beleza nessa alma atormentada
Encantamento dessa vida já amrgurada

OFERENDA AO MEU AMOR

Entrego o canto,
o encanto
a beleza que trago na vida
sonhos guardados e esperados
Ao meu amor
Ofereço os dias e as noites
na canção que trago no peito
escrita em versos desse poema
Ao meu amor
Busco na vida a inspiração
de sentimentos que eternizem
toda a pureza que entrego
Ao meu amor
Faço dos sonhos realidade
em uma história sem o final
Fazendo planos que conduzam
Ao meu amor

Lembras? Eu nunca esqueci

Lembras?


Eu sim, nunca me esqueci!
Lembro aquela noite como se ainda estivesse aqui
Todas as lembranças, a magia e o amor que vi em ti


Lembras?


Se não lembra porque é que eu não me esqueci?
Por que todas as lembranças permanecem aqui?
Por que meu coração insiste em não se afastar de ti?


Lembras?


O brilho do olhar. urgência ao amar eu não esqueci
Calor da tua pele exalando desejo ainda sinto aqui
É febre ardendo minhas noites quando lembro de ti


Não te lembras?


É... não deve lembrar mesmo, senão estarias aqui
Se lembrasses querido meu corpo ainda estaria em ti
Reavivando aquela noite que nunca mais esqueci

Mar de estrelas

Mar de estrelas refletidas nas águas do oceano,andante sorriso em ondas acarinhando à areia,reascendendo a mansidão em tuas mãos qual uma candeiailuminando os astros e os céus num canto que amo.

Amar tal Mar_ia. Ria à estrela dos mares; eis-te guianuma caravela de alegrias acenando a mim...Olho à água brotando do anjo, menina querubimgaroando a seiva em brilhos de cadente harmonia.



Utopia azul, elixir sagrado em gotas de anis,embriagando toda vazante na rebentação;inda outra noite olhei para aquela constelaçãorecordando a dádiva que me deu a cor do teu giz.



ÀMaria! Tuas mãos são feitas quais estrelas do mar,mescla de magia espelhando lume e prata às marés,Astréia na forma de mulher das águas; veste a fé,remando de encontro ao luzeiro, poente do teu olhar.

A Fada da Poesia

Na delicadeza de mãos que encantam
vem a fada colorida uma tela enfeitar
com os toques de magia que alcançam
os versos tristes em tela fria disfarçar


Em seu pincel imaginário vai traçando
tintas mágicas em imagens projetadas
nas palavras que o poeta vai soltando
vai unindo a emoção e a arte enlaçadas


E vai assim essa fada transformando
Versos nus em um quadro deslumbrante
Com a sua interpretação, seu amar e seu encanto
É a luz artesanal nesse show hilariante

Buscas da vida

Busquei minhas vontades em outra pessoa,tentei pensar como todo mundo,conciliei minhas lembranças com as saudades,não encontrei, não me satisfez, continuei incompleto.

Voltei meus passos para os sonhos de ontem,com pressa tentei amar bem antes da paixão,vi flores falsas, pessoas sem sentimentos,precisava de calor, não do sol de um outro coração.

Rezei, fiz promessas, mas de nada adiantou implorar,escrevi algumas cartas para meu Deus, e parei.Recomecei ontem, olhei meus olhos no espelho e vi, precisava apenas me amar para me sentir amado.

ENIGMA DO VÔO

Estou aqui numa ilha ensolarada,
mágica e alquímica
Se me pedes para voar,
vôo nas metáforas dos versos teus

Se pedes para ficar, tudo me liga a você,
abrigo-me nas entranhas do teu amor
à espera do manto
que cobrirá nossos corpos ardentes de desejos,

Minhas mãos firmes acariciam
teus seios desnudos,
furor frenético que eterniza como um vulcão
dentro do peito.

Relax

A brisa cicia
um som do alto,
Ela acaricia...
acalma.

A brisa acaricia
o coração,
A brisa cicia...
E acalma.

A brisa tem som divino
Lembra de mim menino,
A brisa cicia...
Calma.

A brisa fecha meus olhos
Vejo o meu interior
A brisa cicia
Amor....

A brisa é celestial,
Acaricia minh'alma,
A brisa cicia,
Sinto paz....

Encanto

O encanto não é mistério,
ele está real nas saliências dos traços
anaglíficos, tridimensionais do vai-e-vém
dos versos,
que na poesia revela o clamor
invísivel da alma...

O amor sai da abstração,
torna-se visível, muitas vezes doentio,
quando sob á égide da vaga implacável
da destrição,
transforma-se em paixão
e não consegue permanecer amor...

O encanto não é mistério,
é o amor sem ilusão, quando real...
É a sístole e a diástole que faz pulsar
forte coração...

Num cruzar de olhar
ruborizam-se as fisionomias,
é o sangue a extravazar
os corações,
pela força da pedra sísmica,
indestrutível do amor...

Quando há um erro de percurso,
e, por alguma circunstância
interfere nos liames do amor,
fere esse coração com os dardos
da desilusão...

Mas ficam indeléveis na alma
as marcas do verdadeiro amor
como um troféu,
às vezes, sem aparente valor...

Mas cravos inarrancáveis
mantém esse amor
no cerne imaginário, abstrato,
do coração...

Pode ser outra a realidade,
mas o amor indelével fluirá
e se manifestará na tristeza
da saudade.

Lá, Pelo Egito

Cavalgo nas nuvens
Olho os desertos
Sem oásis...

Vejo as pirâmides
Nelas o passado,
Fico calado
Na espreita...

Monto num camelo,
Não tem selim,
Vou no pelo.

Pode ser imaginação,
Não vejo sertão...
Penso no faraó,
Ele tinha o poder,
Ninguém quer ver...
Virou múmia
Da maldição.

As pirâmides
Sacrificaram ,
Escravizaram
Em benefício do rei!

Compensou?
Pensei.
Eu sei,
Não!

É o turismo
Nos desertos,
Coisa de Louco!

Não sou bobo,
Prefiro
Portugal
Lá tem portuguesas
cantando fado!

A gente se encontra
no Rio Nilo,
Perdi o medo
Da sereia
Falei tanto,
Não disse nada!
É isso aí!

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Mensagem do dia - Serenidade para discernir, atuar e viver.

Necessitas de serenidade a cada passo.

Serenidade para discernir, atuar e viver.

A vida é galopante e muda os seus cenários a cada minuto,
exigindo permanente serenidade a fim de não esmagar as pessoas.

Quem se aflija, e tente seguir a velocidade ciclópica destes dias,
arrebenta-se, porque sai de uma para outra situação com muita
rapidez, sem mesmo ter tido tempo para adaptação na fase anterior.

As notícias chegam e os acontecimentos passam, produzindo
imenso desgaste emocional, mental e físico.

Resguarda-te na serenidade, preservando os equipamentos da tua
existência, que estão programados para uso adequado e não para o abuso.

Anunciação do Anjo

Na humildade e no recolhimento de um lar de Nazaré se passou o mais transcendente acontecimento da História. Quando a Santíssima Virgem respondeu ao Arcanjo Gabriel "Faça-se em mim segundo a tua palavra" (São Lucas, 1, 38), o próprio verbo de Deus, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, "se fez carne e habitou entre nós" (São João, 1,14). Tinha assim início o processo de Redenção do gênero humano, o qual culminaria no Calvário, com a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.
O anjo disse-lhe: Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. 32Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente na casa de Jacó,* 33e o seu reino não terá fim. 34Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, pois não conheço homem? 35Respondeu-lhe o anjo: O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, até ela concebeu um filho na sua velhice; e já está no sexto mês aquela que é tida por estéril, 37porque a Deus nenhuma coisa é impossível. 38Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra.
E o anjo afastou-se dela.

QUANDO SE AMA

O que dizer quando se ama
E esse sentimento é chama
Que arde sem se ver,
O que dele emana e é prazer.

Porventura nem a palavra amar
Sabe bem definir esse manjar,
Que aos deuses é pertença
E em nós brava sentença.

E o que dizer da amizade aqui,
Sem ela o amor não existiria
E ficaríamos sós, bem assim

Num viver sem sentido nenhum,
Onde a noite procedia ao dia
E nós ao eterno e inflexível jejum.

TUDO ISTO É AMOR

Que estranho amor emana de ti,
Consumindo-me inteiramente,
Como se, olhando-me, partisse de mim,
Essa chama duradoira e ardente.

Estar contigo é reviver dias felizes,
É estar a sós não estando sozinho,
E todas as sequelas e cicatrizes
Tomassem o rumo de outro caminho.

Já não sei viver senão contigo,
No meu voo alado e desregrado,
Iludindo o dia em que serás comigo:

Vertigem alucinante e mui desejada,
Quando o que há pode ser comparado,
A uma história aqui bem concertada.

Deixa meu coração sonhar

Deixa meu coração sonhar hoje
e sempre,
deixa ele voar de encontro a
plenitude,aonde você está.
Deixa que ele beba do cálice
sagrado do néctar do amor.
E sentir o pulsar do seu coração
vivendo na emoção.
Portas e janelas da alma, abertas
para não sentir solidão.
Recebendo conforto através da
fé, da religião, da oração.
Acreditando num Ser de luz
todo poderoso,que nos orienta
e sorrindo nos conduz.
Deixa que ele retire as ervas
daninhas dos caminhos,
as pedras pontiagudas que lhe
ferem os pés descalços...
encontre através do seu olhar
a bondade que existe no infinito.
Agradeça todos os dias
a graça de ter a visão, os sentidos,
de poder compreender os
sentimentos, os sofrimentos,
sem alienar-se da vida.
Não fuja da sua luta,caminhe e voe
como as borboletas ao redor das
flores que vivem dentro de você.
Não sinta jamais a angústia,
sinta sempre em todas as manhãs
o frescor da vida, do amor
que ainda existe em você,
faça vôos imaginários ao redor
do sol, aqueça sua alma,
perdoe-se sempre...nunca olvide
dos alertas que sinalizam seu viver.
Caminhe sobre as nuvens,solta,
livre, e procure somente ser feliz,
como eu me sinto no amanhecer,
mesmo que a vida seja só padecer...
Feche seus olhos...imagine-se na
escuridão...e depois abra-os e
descubra-se no clarão da felicidade!

Carente

Estou carente, triste
porque estou longe de você
tenho saudades do seu cheiro
do seu abraço apertado,
do seu abraço amigo

Preciso de conforto,
descanço, silêncio, sonhos
preciso ficar longe dos transtôrnos
das crises, das brigas

Quero chorar, tomar chá morno
me aquietar
não estou valente,
estou carente

VEM

Vem...dê-me sua mão
Vamos à outra dimensão
Na luz do luar
Contigo quero viajar...

Vamos para o espaço sideral
Lá prevalece o bem...não o mal
De "prana" vamos viver
De dois...seremos um único ser...

Vamos sair desse mundo insano
Quero voce em outro plano
Onde só existe união
E possamos nos chamar de "irmão"

Da terra quero agradecer
A qual muito me fez aprender
Aqui? não é fácil ficar
Imagine... à todos agradar?

Nesse mundo passageiro
Por que não ser o primeiro?
Vem...comigo viajar
Iremos só o amor pregar...

Se estiver à meu lado
Seremos presente, futuro e passado
Lutaremos pra unir a "raça"
Para sermos uma única "massa"

Com a luz do Criador
Semearemos paz e amor
E com essa luz celestial
Prevalecerá o bem, em detrimento do mal

Tem sua opção
Use sua intuição
Ouça seu coração
E de-me sua... MÃO.

vem...

QUE HAJA SEMPRE EM NOSSASVIDAS

Que haja sempre em nossas vidas:
caminhos, jornadas, pousadas,árvores frondosas,
estrategicamente colocadas,à beira da estrada.
Esperas, chegadas, partidas,saudades, abraços,
muitos laços,espaços, sementes, cultivos,colheitas,
frutas tenras e muito trigo,pão de centeio,
vinho tinto,encorpado, maduro e rascante,se for do gosto,
uma garrafa de vinho
licoroso e branco.
Muitos beijos, carinhos,
afetos completos,
amigos precisos,
raízes profundas,
mesa farta e irmãos.
Que haja sempre em nossas vidas:
crisântemos, jasmins,samambaias preciosas,
violetas e orquídeas,água de cheiro,
segredos,preciosos, sagrados,
chuva miúda, dias tranqüilos,
cheiro de terra molhada,
sorriso de criançae uma boa dose de esperança,
que nos sirva de remédiopros desencantos da vida
e pros males do coração.
Que haja sempre em nossas vidas:
primaveras e outonos,verões mais amenos
e invernos suaves,café bem forte ou conhaque,
flambado e ao ponto,brisa macia,
beira de praia,lua cheia e exibida,madrugadas,
certezas,e escolhas, muitas escolhas,
e que saibamos fazê-las,para que possamos almejar
crescimento e compreensão.

Mulher... eterna protagonista do amor

Mulher...
De angelical feição,de semblante sereno,
de olhar sonhador,
de lábios molhados prontos para amar.
Mulher...
Felina e travessa,
dengosa e esperta,
altiva e deliciosamente sensual.
Mulher...
Que vive em permanente estágio
de sentimentos e de emoções...
Mulher...
Perspicaz, inteligente,estrategista e vivaz!
Mulher...
Feita de encantos e magias.
Mulher...
Libélula solta no mundo,
vivendo emoções...
ora acalentada pela alegria,
ora acalentada pela tristeza.
Mulher...
Menina, moça, senhora,em crescente labirinto,
conhecendo o mundo,
através de experimentos em decantados sentimentos,
aprendendo a amar,
em nuances de ternura ou em teias de decepções.
Mulher...
Melodia constante,
adornando os sonhos masculinos,
no ontem, no hoje e no amanhã!

Vida... Nascer e Morrer

Vida... caminho a ser descoberto com passos a tatear o solo do aprendizado no encontro de pedras; barreiras a serem derrubadas lapidando a alma e o coração nos sentimentos explorados dentro da tristeza e da alegria.
Dia... cortina que se abre desvendando o sol com a energia necessária e as cores da aquarela da vida pintada com as nuances do momento vivido.
Noite... escuridão que pode ser negra ou iluminada, negra para o que carrega na alma, iluminada para o que avista o tapete de cintilantes estrelas.
Vida... túnel desconhecido com pontos luminosos que se apagam com a maldade ou resplandecem com a beleza do bem!
Vida... grande loja de departamentos de egoísmo, inveja, hipocrisia, luxúria, soberba e tantas outras maldades.
Débitos destinados a ser pagos em outra dimensão.
Vida... grande loja de seções que abrigam a sinceridade, a integridade, a ternura, a honestidade, a bondade, a justiça, a lealdade e o amor.
Crédito certo para a chegada a outra vida.
Vida... existência de aprendizado em que se diferencia o bem do mal.
Vida... oportunidade de construir uma história semeada pelo amor para morrer na paz da alma, deixando aos outros a serena saudade de sua passagem...
Vida... ela é o seu maior presente!

Especialmente para você

Recolho-me no divã de seu coração,
aconchego-me aos seus carinhos,
descerro a neblina da incerteza,
instalo-me em cada partícula de você!
Na ternura de seu olhar,
encontro a certeza de seu amor.
Na expessão carinhosa de seu sorriso,
sinto que cheguei ao tão sonhado
caminho do verdadeiro amor.
Sabe , meu querido...
Aquele amor mascarado,
aquele amor dissimulado
que algumas vezes me visitou,
dissipou-se para sempre!
Dentro de mim, recebo,
a sensação gostosa de sentir-me amada,
em confiança de um amor sereno,
em braços seguros,
na cumplicidade e na simplicidade de uma vida a dois.
Espcialmente para você,
entrego-lhe :os meus sonhos, os meus carinhos,
os meus desejos,
o meu coração,a minha vida.
e o meu amor.

Poesia... Bálsamo para a minha alma

Momentos revistos
Lembranças recuperadas
Dão aos meus olhos
O brilho da saudade
É neste instante que faço
Da poesia a porta-voz de minha alma.
Na poesia estreito a saudade
Encanto-me em versar a vida
Embarco nos versos de amor
Flutuo nos sonhos que delineo.
Poesia, nela desnudo a minha alma
Faço-a confidente
Dos meus mais sentidos sentimentos
Dos meus sonhos desvairados
Da minha crença no amor.
Poesia, amiga de meu sentir.
Nas letras que aglutino
Surgem versos cantando
A vida , a saudade,
o lamento da dor quando
Presencio injustiças.
É na poesia que Descerro a cortina do meu coração
Apresentando meus sentimentos
Ora em esplendorosa harmonia
Vivaz como o pássaro liberto
Ora em compasso de tristeza
Em lamentos doloridos
Fustigados pela dor do amor.
Poesia... bálsamo para a minha alma!

domingo, 24 de junho de 2007

Mensagem do dia - Nenhuma situaçao exige a gritaria

Não grites.

Nenhuma situação exige a gritaria, que confunde e mais perturba.

Se falares em tom adequado, os barulhentos silenciarão para ouvir-te.

Se desejares competir com eles em altura de voz,
ficarás rouco e não serás escutado.

A voz caracteriza o comportamnto e a emoção das pessoas.

Não nos referimos às técnicas de prosódia, que têm a sua
finalidade, porém à tonalidade natural, audível, sem agressividade.

Já te escutaste num gravador, especialmente quando em desequilíbrio?
Faze a experiência.

BOM DIA/24/06

Começa um novo dia...


Não há porquê ficar contrariado, seu contrato com a vida vai se renovar automaticamente, dia após dia.

Cada um na sua, tem a chance de mostrar suas intenções. E que sejam as melhores intenções.

Cada um do seu jeito acrescenta algo mais ao universo.

Não importa quem pode muito, ou quem acha que pode pouco, ou quem acha que nada pode.
Pequenas atitudes são capazes, às vezes, de grandes transformações.

O mundo precisa de você. Você tem uma missão: saiba entender a sua vocação.

Compareça a este dia com a melhor roupa, porque não? O dia hoje não é especial? Ou, pelo menos, você não quer torná-lo especial?

Este pode ser o grande dia que você espera acontecer a tanto tempo..

Espere os acontecimentos, mas esteja pronto para eles.

E não esqueça de dar uma forcinha para os acontecimentos. Depois de mentalizar, tome alguma atitude em relação ao futuro. Saia de casa com disposição de ser um realizador.

Se você tem um sonho, uma idéia, um projeto, você certamente vai encontrar os meios.

Fique atento... Olhe bem para dentro de você. E olhe bem para fora também.
Acredite no seu sonho, no seu talento, nos seus dons e viva bem e plenamente este dia.

O que é mais?

O que é mais:
Perdoar ou pedir perdão?
Quem pede perdão mostra que ainda crê no amor.
Quem perdoa mostra que ainda existe amor para quem crê.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
É sempre importante saber que: Perdoar é o modo mais sublime de crescer e pedir perdão é o modo mais sublime de se levantar...

O que é mais:
Amar ou ser amado?
Amar significa tudo aquilo que todo mundo deve.
Ser amado significa tudo aquilo que todo mundo deseja.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que: Ninguém pode querer amar sem se esquecer, e ninguém pode querer ser amado sem se lembrar de todos...

O que é mais:
Abrir a porta ou abrir o coração?
Quem abre a porta mostra que vai receber alguém .
Quem abre o coração quer que ninguém fique fora.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que: Abrir a porta é o modo mais delicado de ser bom, e abrir o coração é o modo divino de amar ...

O que é mais:
Ir à lua ou ficar na terra?
Quem vai à lua vê mais um tanto de tudo que Deus fez.
Quem fica na terra vê mais um tanto do que o homem pode .
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que: Quem vai à lua deve voltar à terra, e quem fica na terra deve ir aos outros ...

O que é mais:
Dar ou estender as mãos?
Quem dá mostra que se despoja de alguma coisa.
Quem estende as mãos mostra que quer alcançar alguém.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que: Dar é um gesto de bondade, e estender as mãos é um gesto de bondade que sublima...

O que é mais:
Levar rosas ou enxugar lágrimas?
Quem leva rosas mostra que se lembrou de alguém na felicidade.
Quem enxuga lágrimas mostra que não esqueceu de alguém na infelicidade.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que: Levar rosas é um gesto de amor que todo mundo faz, e enxugar lágrimas é um gesto que só o amor faz a todo mundo!

O Anjo

Conta-se que uma mulher vivia sozinha e muito se lamentava de solidão e nenhuma companhia.

Ninguém jamais aparecia em sua casa.

Certa manhã, chovia muito, e alguém bateu à sua porta: era um pequeno homem, tremendo de frio, molhado da cabeça aos pés.

Vendo o visitante tão inesperado, imediatamente mandou que ele entrasse.

Ali, com as vestes pingando, ele ouviu a mulher que por mais de uma hora lamentou sua solidão e falta de companhia.

Ela não lhe ofereceu roupas secas ou algo quente para se aquecer, tão envolvida que estava em suas próprias queixas.

Ele não tirava os olhos dos seus lábios em movimento ansioso, contínuo e disparado.

Cessada a chuva, ele fez menção de sair da casa, no que a mulher se inquietou:

"Espere! Nem sei seu nome! Você voltará? "

Ao que o homem reagiu, estendendo-lhe um papel totalmente seco, onde se lia:

Sou o Anjo Surdo. Só posso ouvir corações. Trago o remédio que cura a solidão, fazendo nascer amizades. Seu efeito não se manifesta naqueles que só falam de si e pensam apenas em si próprios.

Isto dito, desapareceu...e nunca mais alguém bateu naquela porta

Um dia desses...

Essa frase age como esperança distante
Todas as vezes que te quero amar.
Ela não nega, mas pega um dia lá diante
Que não sei quando e se irá chegar.


Essa expressão, exclamação até de ironia
É uma resposta que não gosto de escutar.
Sabe porque? Ela goza essa minha mania,
Vontade constante de querer te amar.


Num sorriso zombeiro, inteiro fico a pensar:
Jogo de palavras ou um "não" pra entender
Que não vai acontecer. É isso que queres dizer?
Brincas com minha ânsia mesmo na distância.


E assim pergunto, assunto que não quer calar
Mesmo sabendo que ironizas minha intenção.
Nem sim e nem não, é só o que escuto.

Doce será a consumação desse dia quando chegar
E por ele estou a esperar e com muita paixão.
Talvêz amanhã ou depois, ou no próximo minuto.

A TEU LADO

Em tudo o que fazes eu estou lá,
Se pensas eu já pensei primeiro,
Porque aqui mora tudo o que há
De mais belo, no mundo inteiro.

Se o teu coração bate, é no meu
Que ele se instala, batendo forte
No peito, que agora é meu e teu,
Subtil desejo etéreo à nossa sorte.

E se sorris meu trejeito é bonito,
Como quando a manhã alça voo
E retira à pedra todo o seu granito.

Se me dizes que me amas, então
É porque te amo ainda mais e sou
Doravante, o refulgir do coração.

VIVI COMO UN LOUCO

No se quién soy o fuí,
Solo que viví como un loco.
Hoy en mí todo se diluye,
Pareciendo siempre poco.
En las calles y callejuelas me perdí.
De los amigos les guardé
La memoria, de lo que no vi,
Porque de mí les negué
La aptitud de mi respuesta.
Solo no quise que sufriesen
Como yo, era esa la apuesta,
Que me propuse a ejecutar:
Por más que me doliesen
Corazón y cuerpo, en el dealbar

IDEALIDADE

Como o solar das coloridas rosas no transparecer de sonho,vestiste-te de ilusões e desejos, para o espaço do meu nomeadornando de sedas, sonhos e emoções, a beleza do teu corpo...sede de beijos, gritante desejo queimando teus lábios sedosos.

Nessa noite vadia de anseios, gerou a tristeza nesse espaçocomo a infinidade de dias sem luz, em apetite do meu corposobre alvas sedas no leito que me esperava em olhar distante...vestida em festim na noite que ficou sempre mais longe nos dias.

Expiraram as velas sobre a mesa, e as duas taças de champanheque nunca brindaram no enleio das palavras mimadas de beijos,somente os sonhos ficaram sentados a teu lado...fingida realidade!...

Neste Universo imaginário que rasgou teu peito em sorriso áridoficou a saudade clamando no alto da colina, inerte como a vidaficando a minha sombra no gemer dos ventos, como Ser fictício!

Amor, simplesmente...Amar


O amor, é tão dificil de pronunciar,mas tão dificil de sentir,que quando de verdade o sentes voce não o pode esquecer,é uma alegria, como também uma dor,que estremece sua alma e turva seu coração.Pede sua personalidade,lhee torna inseguro e voce não tem como explicar essa conduta,é como voltar a nascer,como perder a memória e não recordar.Desejas não amar porque com ele sofres,mas ao mesmo tempo o deseja com toda alma,já que te faz voar, te faz viajar
a lugares que nunca poderias visitar,é como um conto feito realidade,como um Romeu e Julieta,cujo amor foi proibido cruelmente,que esteve cheio de sofrimentos,mas também de amor, puro amor,amor apaixonado.... amor a toda prova.O amor não se planeja,nem se pode evitar quando se queira,o amor nasce como uma planta e cresce a seu modo e com sua amplitude,ao amor não se mandam nem se ordenam,o amor se espera e quando por fim chega...somente há que vive-lo.... totalmente,sem perguntar as razoes do hoje,do que será amanhã e o que foi ontem.Viva o amor sem perguntas.. somente viva-o!!!

PERDIDA EM SONHOS

Perco-me nos sonhos
Que se foram
Nas noites que não voltam
Na lua que não surge
Na saudade.
Do que me adianta
Sonhar com algo impossível
Que jamais irá acontecer
Cansei...
De esperar...
Cansei de lutar
Por um amor
Por um sonho somente meu
É triste, mas aconteceu.
Você jamais será meu
Seu mundo é outro
Outros sonhos
Sem fantasias
Sem amor
Sem alegrias
Este é seu mundo.
Então siga seu caminho
Que seguirei o meu
Quem sabe assim
Cada um será feliz
Em seus sonhos
Ou na escuridão
Ficarei com meus sonhos
Com a lua
Com as estrelas
Com a saudade
Esta será a minha realidade.

NOSSAS VIDAS

Seria maravilhoso poder navegar
Somente em águas calmas
Sem tempestades
Sem rumo certo
Seria bom ver o por do sol
Surgindo lentamente no horizonte
Seguir seu curso
Sem destino
Sem pressa
Ah que bom seria
Se a vida fosse esta calmaria
Não haveria tanta dor
Nem solidão Seria a união.
Então vamos navegar
Não importa se haverá tempestades
Vamos nos unir e seguir
Rumo ao horizonte
De mãos dadas
Corações unidos
Somente nós poderemos
Conduzir nosso próprio barco
E nosso destino.

FRUTO PROIBIDO

Foi numa tarde de verão
Que te encontrei
Olhei em seus olhos
Apaixonei-me...
Entreguei-me loucamente
A está doce paixão
Éramos somente nos dois
O céu o mar, a lua as estrelas!
Uma música a tocar
Os corpos a se colar
Era somente paixão
No beijo o doce sabor do licor
O fruto proibido de dois amantes perdidos
Uma paixão sem termos nem compromissos
Éramos sós nos...
Foi numa tarde de verão
Que te amei como jamais amei alguém.

SILÊNCIO

Silêncio...
Este silêncio que me envolve
Na calada da noite
Ao brilhar da lua Silêncio...
Que silencia na noite
O único som que ouço
As batidas do meu coração.
Que soluça e chora baixinho.
No silêncio da noite
Procuro-te nas lembranças
Busco tua imagem
De qualquer forma
Tento em vão...
Só encontro o silêncio.
Silêncio...
Por que tu és tão cruel
Quando tu chegas
Sinto-me perdida
Minha vida se torna vazia.
No silêncio ouço a voz do vento que me chama...
Nem ele consegue
Tirar-me desta solidão.
A solidão me envolve,
Coração que chama por ti
Só tu não ouves
A voz do meu coração.