quarta-feira, 31 de janeiro de 2007

Menina-Flor

Vejo-te menina-flor
No cintilar das estrelas
No céu de primavera

Vejo-te menina-mulher
No frescor da folhagem
Na linha do horizonte
No mistério da fonte
No nascer da manhã lavada
E também no riso da flor
Apenas desabrochada
Ao teu lado tudo vira festa
A natureza parece enfeitada
Assumindo todas as cores
Em matizes e perfumes
Como se do mundo fosses
A namorada
Vanda Facchini

depois da inocência

mapeia minhas intenções
meu calhamaço de rabiscos gesticulados
passeia nas minhas trilhas novas
incendeia meu desembarque
de exageradas reticências

sei onde tocam seus dedos
onde passeia sua língua
nessa corte de juízos incendiários
valho da minha alforria atrás das portas
quando o sangue nem circula nas saletas
ou piscam em pontos estratégicos

e é assim arreada, sem defesas
que passeio ao longo das suas veredas
deixando rastros nada inocentes
linhas nas suas entrelinhas

demarca seus ritos nas minhas muitas entradas
que guardo luas cheias, de risos fartos
nada será como antes, depois de nós
Angélica T. Almstadter

Quero crer

Quero crer que ainda serei solução,
ainda estarei de pé,ainda ficarei inteira,
ainda serei o hino que alguns cantarão.
Quero crer que meu prazo de validade,
embora vencido,
ainda será de grande valia e que,
embora tenha passado da idade,
estarei pronta para o exagero e a fantasia.
Quero crer que sou amada
na mesma proporção e condição.
Quero crer nos dia
se esperar pelas noites
com o mesmo tesão.
Quero ser a vida sem revide,
quero o prazer de me lambuzar
com sorvete ou com o amor.
Quero ser o convite
e a sua livre escolhade recusar
ou aceitar.
Quero ser somente eu mesma
livre, leve e solta.
odeteronchibaltazar

Não trate como prioridade

Não gosto de desistir das coisas que amo e não
gosto que meus clientes desistam.
Por isso, ajudo-os a tentar tudo o que puderem,
e tudo o que souberem, para assumirem as rédeas de
suas vidas profissionais, pessoais e emocionais.
A sua vida merece uma chance de ser especial e memorável.
E isso inclui em que você se dedique para fazer a vida de
alguém especial, feliz e completa.
Com sorte, também significa ter alguém que faça isso por você.Não por dever, apenas, mas por ser um caminho
apaixonante da realização.Mas, infelizmente, no que se refere ao relacionamento entre duas pessoas, não podemos controlar todas as variáveis,
as limitantes e os resultados.
Até porque os resultados envolvem diferentes percepções, desejos e níveis de comprometimento.O amor, embora seja um verbo, antes de uma emoção, é uma daquelas áreas nas quais todos nós gostaríamos de controlar os dois lados da equação, mas só podemos controlar o nosso lado.
E torcer. Um romance, seja ele namoro, noivado, casamento ou bodas de diamante, exige que os dois queiram dar um passo em
direção ao futuro misterioso todos os dias - juntos.
Mesmo que seja para sofrerem juntos, desafiando os problemas.
Se você é do tipo que quer casar, e continuar se comportando como solteiro, então é melhor não casar.
Fique como está.Sei que o que está na moda é a fantasia de que "ser livre" é o melhor.
Ser independente. Mas, apesar do estardalhaço que algumas revistas semanais fazem, dizendo que muitas pessoas querem ficar sós, não é a
realidade que encontro com meus clientes.
Para mim eles, e elas, dizem a verdade.
E a verdade é diferente daquilo que dizem para o show da mídia,
ou para uma roda de amigos. Ninguém quer ficar só.
As pessoas apenas vestem uma confortável imagem de que
a "liberdade" é mais vantajosa do que o compromisso,
assim como dizem veementemente que jamais entrarão
em um supermercado que os tratou mal - só para irem direto lá,
quando tiverem que comprar algo. Quando o silêncio das paredes internas do coração começa a ser escutado, o "caldo entorna", e você se pega pensando em passar os próximos anos vivendo com aquela pessoa. Na medida do possível, apoio meus clientes em seus sonhos e desejos. Mas, nem sempre.Há momentos nos quais você deve olhar bem para aquela pessoa
que está tratando você apenas como uma opção, uma alternativa
temporária, e deixar de ter a vida dela como sua prioridade.
Algumas vezes, ser a pessoa ideal não é o bastante.
Especialmente, quando o outro lado da moeda tem uma lista de prioridades enorme, e você aparece em um ingrato 256° lugar.Naturalmente, há momentos nos quais um amor
não pode lhe dar atenção.
E ajudo meus clientes a entenderem isso.
Há altos e baixos em qualquer vida, por isso não devemos
assumir o pior, apenas por um problema temporário.
Mas, há também situações nas quais você precisa entender que talvez haja muito mais dentro de você do que a outra pessoa nota ou dá valor.Quase dois anos atrás, uma cliente tratou
exclusivamente deste problema comigo.
Ao final do nosso processo de trabalho, ficou claro que
ela não era prioridade nenhuma para o noivo.
Era apenas uma opção e um "problema" na agenda.
Depois de tentar tudo, e mais um pouco, ela rompeu o noivado.
Ele teve todas as chances de abrir os olhos. Ela deixou de tratar como prioridade, aquele que a tratava como opção.Na última segunda feira, ela me telefonou e convidou para seu aniversário (é comum meus ex-clientes tornarem-se amigos).

Aniversário e noivado.
Com outra pessoa, claro.
O engraçado da história?
É que o "ex" diz ter descoberto, tarde demais,
que "ela era a mulher da vida dele".
Flores, presentes e telefonemas não adiantaram -- minha cliente me autorizou a contar a história, sem revelar seu nome.O que existe no coração dela, agora, são as lembranças
de ter sido apenas mais um item, em uma agenda lotada.
Agora o coração dela já está em outra vida.
Ela tem outra prioridade.
E o noivo atual a vê como prioridade também.
O verbo amar, entre eles, se transformou no sentimento.Agora, o ex-noivo é carta fora do baralho.
Lembre-se: Não trate como prioridade quem te trata como opção.
Dê todas as chances que puder.
Mas, quando não houver mais o que fazer, não faça.
Pare de tentar.
Você saberá quando a hora chegou.
Você saberá quando já tentou tudo.E, quando chegar este momento, olhe ao redor.
Se alguém não trata você como prioridade, há quem trate.
Ai pertinho de você.
É só olhar com o coração.Você merece ser prioridade de alguém.
Você merece ser o rei, ou a rainha, e não o vassalo, ou vassala.
O amor é um jogo de "iguais de coração".

Aldo Novak

Madrugada feroz

Sob a luz dessa lua imensa...intensa!
Solto o grito travado dos dias aflitos...
Espalho na madrugada o uivo de uma fera mais do que ferida!
Sem morder...apesar de todos os caninos cravados em minha alma.
Sem arranhar...apesar das garras fincadas no peito que um dia abri!
Como fera que conhece as lutas "perdidas" e ainda, sob a luz intensa, dessa luz imensa...
deito-me em minha alcova segura...
Sem mais forças para uivar!
Andréa Maia

FRAGRÂNCIA


A sofreguidão do amor que se esvai por entre dedos
Transporta-me há tempos imemoráveis,
onde o amor era infantil, criança,
puro, ingênuo, atrevido.
Não deixarei que este sentir
escorra pelas valetas da insanidade e esquecimento.
Recolherei cada gota de nosso amor
em frasco translúcido de puro cristal
e guardarei teu aroma doce,
tua fragrância sutil
para eternizá-los em nosso reencontro,
e sorvê-los em gotas para depois,
teus lábios beijar.

Tania Lemke

CLAMOR

Da razão que padece na semente
de várias dores que nos circundam
de dois verbos que não redundam
mas nos veios d'alma tão evidentes.
Espalha-se um grito rouco no poente
e se, ditando verdades que se fundam
com o real tegme que as fecundam
vestirá o manto transparente.
E então prostrará ante alvo estandarte
a efemeridade tão conhecida que se apresenta
mas não reparte disforme traço em linha indefinida
que se fragmenta encolado no encarte
duma escrita vazia e desmedida.
Milamarian

A SAGA DA CUECA

Dependurei as cuecas,
na cordinha meu varal,
mas as gurias sapecas,
filhas do seu juvenal,
lideradas pela Zefa,
me aprontaram geral.

as cueca elas roubaram
pra brincar de carnaval
e numa vara espetaram
correrum pro canavial
o estandarte improvisaram
da porta-bandeira surreal.

a roupa dependurada
assim solta no vento
era assim muito rodada
e minha buzanfa ao relento
já tava inté gelada
veja só o que aguento !

Fui falá com o Juvenal
que caiu na gargalhada
- Ocê num leve a mal,
essa peça da gurizada
é tempo de carnaval
e elas tão arretada!

-Mas Juvenal meu cumpadi
veja minha situação,
o vento vem e invade.
onde num devia ir não
e minha cueca amada
virou foi pano de chão

-Num se aperreie amigo
isso inté ispanta o calô
ouça bem o que te digo
outra cueca eu lhe dô
pra num fica no desabrigo
aquilo que lhe tem valô.

Inté pru que num tem jeito
a antiga já tá perdida
e o que ta feito ta feito
mas num há de ficar ferida
aberta dentro do peito
de uma amizade tão antiga.

E as guria deixe comigo
que num hão de me escapá
vão receber o castigo
pra aprendê a não roubá
as cueca du meu amigo
mó de ir lá longe reiná.
Jorge Linhaça

BOM DIA


As nuvens mudam sempre de posição,
mas são sempre nuvens no céu.
Assim devemos ser todo dia,
mutantes, porém,
leais com o que pensamos e sonhamos;
lembre-se,
tudo se desmancha no ar,
menos os pensamentos.

Paulo Baleki

terça-feira, 30 de janeiro de 2007

a uma amiga especial

e professores

Mundo Virtual

Entrei apressado e com muita fome no restaurante.
Escolhi uma mesa bem afastada do movimento,
pois queria aproveitar os poucos minutos
que dispunha naquele dia atribulado,
para comer e consertar alguns bugs de programação
de um sistema que estava desenvolvendo,
além de planejar minha viagem de férias que a tempos não sei o que são.
Pedi um filé de salmão com alcaparras na manteiga
uma salada e um suco de laranja,
afinal de contas, fome é fome, mas regime é regime não?
Abri meu laptop e levei um susto com aquela voz baixinha atrás de mim.
- Tio, dá um trocado?
- Não tenho, menino. -
Só uma moedinha para comprar um pão.
- Está bem, compro um para você.
Para variar, minha caixa de entrada está lotada de e-mails.
Fico distraído vendo as poesias, as formatações lindas,
dando risadas com as piadas malucas.
Ah! Essa música me leva a Londres e a boas lembranças de tempos idos.
- Tio, pede para colocar margarina e queijo também.
Percebo que o menino tinha ficado ali.
- Ok. Vou pedir, mas depois me deixa trabalhar,
estou muito ocupado, tá?
Chega minha refeição e junto com ela meu constrangimento.
Faço o pedido do menino,
e o Garçom me pergunta se quero que mande o garoto ir "a luta".
Meus resquícios de consciência, me impedem de dizer.
Digo que está tudo bem.
Deixe-o ficar.
Que traga não o pão, mas uma refeição decente para ele.
Então ele sentou à minha frente e me perguntou:
- Tio que você tá fazendo?
- Estou lendo uns emails.
- O que são emails? -
São mensagens eletrônicas mandadas por pessoas via internet.
Sabia que ele não ia entender nada, mas,
a título de livrar-me de maiores questionamentos disse:
- É como se fosse uma carta,
só que vem pela internet.
- Tio, você tem Internet?
- Tenho sim, essencial ao mundo de hoje.
- O que é Internet? -
É um local no computador,
onde podemos ver e ouvir muitas coisas,
notícias, músicas, conhecer pessoas, ler, escrever, sonhar, trabalhar, aprender.
Tem de tudo no mundo virtual..
- E o que é virtual?
Resolvo dar uma explicação simplificada,
novamente na certeza que ele pouco vai entender e vai me liberar para comer minha refeição,
sem culpas. -
Virtual é um local que imaginamos, algo que não podemos pegar, tocar.
É lá que criamos um monte de coisas que gostaríamos de fazer.
Criamos nossas fantasias,
transformamos o mundo em quase como queríamos que ele fosse.
- Maravilhoso isso. Adoro!
- Mocinho, você entendeu o que é virtual?
- Sim, também vivo neste mundo virtual.
- Você tem computador?
- Não, mas meu mundo também é desse jeito...
Virtual. Minha mãe trabalha, fica o dia todo fora,
só chega muito tarde,
quase não a vejo,
eu fico cuidando do meu irmão pequeno que vive chorando de fome e eu dou água para ele pensar que é sopa,
minha irmã mais velha sai todo dia,
diz que vai vender o corpo,
mas não entendo pois ela sempre volta com o corpo,
meu pai está na cadeia há muito tempo,
mas sempre imagino nossa família toda junta em casa,
muita comida, muitos brinquedos,
dia de natal e eu indo ao colégio para virar médico um dia.
Isso é virtual não é tio?
Fechei meu laptop,
não antes que lágrimas caíssem sobre o teclado.
Esperei que o menino terminasse de literalmente "devorar" o prato dele,
paguei a conta e o troco dei-o para o garoto,
que me retribuiu com um dos mais belos e sinceros sorrisos que já recebi na vida e com um "Brigado tio você é legal!".
Alí, naquele instante,
tive a maior prova do virtualismo insensato que vivemos todos os dias,
enquanto a realidade cruel nos rodeia de verdade e fazemos de conta que não percebemos!

Amante

Amei um dia e outro,
não são lembranças apenas,
pequenas tolices de ir a lua e sonhar.


Quero-te livre como ondas do meu mar,
brilhando como estrela em céu limpo,
mudando o sorriso em cada toque,
como se nos olhos o amor ficasse.


Tudo seu transforma o dia,
modifica meu jeito de viver,
sou tantos em um, e um só pra você.


Faz-me escravo de suas loucuras,
pede para não mais amá-la,
joga minha roupa sobre a cama,
vem, deita junto uma ultima vez.


Nenhum sonho é realidade,
todas as realidades são sonhos,
viver é comer um pedaço de amor
a cada carinho depois do beijo.


Deixa-me amar como se fosse amanhã,
viver o hoje como se fosse para sempre,
sonhar como se você fosse a rainha,
e eu a vida, para te dar um sonho eterno.
Caio Lucas

Sonhos

"Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem em seus caminhos.
A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem a importância
das pessoas que passam por suas vidas.
O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros e as decepções do passado.
A vida é curta,
mas as emoções que podemos deixar duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar porque um belo dia se morre."
Clarice Lispector)

FELICIDADE

Felicidade não tem peso, nem tem medida, não pode ser comprada, não se empresta, não se toma emprestada, não resiste a cálculos, porque não material, nos padrões materiais do nosso mundo. Só pode ser legítima.Felicidade falsa não é felicidade, é ilusão. Mas, se eu soubesse fazer contas na medida do bem, diria que a felicidade pode ter tamanho, pode ser grande, pequena, cabendo nas conchas da mão, ou ser do tamanhão do mundo.Felicidade é sabedoria, esperança,vontade de ir, vontade de ficar,presente, passado, futuro. Felicidade é confiança: fé e crença, trabalho e ação.Não se pode ter pressa de ser feliz, porque a felicidade vem devagarinho, como quem não quer nada. Ser feliz não depende de dinheiro, não depende de saúde, nem de poder.Felicidade não é fruto da ostentação, nem do luxo. Felicidade é desprendimento, não é ambição. Só é feliz quem sabe suportar, perder, sofrer e perdoar. Só é feliz quem sabe, sobretudo, amar.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2007


Solidão...

Tu sabes o que é solidão ?
Se nunca foste solitário não.
É não ter ninguém em casa, nem na mesa, nem no leito.
É um anseio perene no teu peito...
É acordar todo dia nauseado e infeliz...
É transmitir às paredes o que o coração diz...
Falar sozinho para não emudecer...
Não ter um confidente...
Ninguém, mesmo silente...
É perder o prazer de comer...
É emagrecer sem querer.
É conseguir dormir só com remédio...
É não poder afugentar o tédio...
Não ter paciência para ler...
Ir ao cinema e não conseguir ver...
Ir ao teatro e não participar...
É nunca ter companhia..
Ligar o rádio o dia inteiro...
Ouvir música e não ter com quem dançar...
Fingir estar alegre para os amigos não importunar...
É ter um pesadelo e ninguém vir acudir...
Sentir dor, sem ter ninguém para ajudar...
Fazer negócios e a responsabilidade não poder repartir...
É ter dinheiro para viajar e não querer sair...
Tentar preencher a vida e nada interessar...
É ver as coisas lindas do mundo e não se sensibilizar...
É precisar de um afago, e só encontrar o vago...
É ter o coração cheio de amor e sufocar...
É amar em silêncio...
É auto reprimir-se para não se sentir humano...
É não ter ninguém que as lágrimas te enxugue, com beijos solidários de carinho...
É ter o coração rasgado e sangrando pelo caminho...
É olhar para o futuro e só ver escuro...
É processar lavagem cerebral para não pensar...
É quase não poder continuar...

Simplesmente Viva

Soltei as amarras da vida, do corpo, da mente e da alma.Abandonei medos e tristezas possíveis.

Joguei ao mar as dúvidas e incógnitas há tanto tempo companheiras de mim e as vi desaparecer no horizonte.Aos ventos derramei as cinzas de uma velha carcaça, que flutuantes se dissiparam.

Me atiro impetuosa em uma nova viagem.Me guio apenas ao sabor dos ventos e das marés.Sem bússulas e mapas traçados, descubro minhas rotas.Se me perco, não demora muito me acho!

Em mares e céus...Em você, em mim, em nós...Vivendo...simplesmente viva!
Andréa Maia

BOM DIA



E daí?

Vamos aproveitar para colocar
Nosso trabalho em dia

Agradecendo cada minutinho ,
Cada pedacinho de sol que
Vem iluminar nossa vida
Os momentos são pequenos
Presentes de Deus que devemos valorizar

Tirando deles nosso aprendizado
Para que nossa Alma caminhe rumo
A perfeiçao


Então, vamos bendizer nossa
Segunda feira,
Pois é da soma
De todos os dias da semana
Que vamos fazendo
A história da nossa vida
A segunda também faz parrrteeee
Anda....se anime!
O dia está cheio de trabalho e
Trabalho é dinheiro para a
realização de nossos sonhos
e de
Nossas necessidades
Vamos tentar ser feliz, e
Nao se ligar
Em tempo, horário , dia

Apenas viver e ser feliz

Assim, logo chegaremos ao final do dia
E teremos nosso descanso

Sonhem e
Transformem seus sonhos em realidade, fazendo da sua semana
Uma linda semana de alegrias


Feliz e Abençoada semana
A todos nós
AMIZADE

domingo, 28 de janeiro de 2007

Gaste seu amor

Gaste seu amor. Usufrua-o até o fim.
Enfrente os bons e maus momentos,
passe por tudo que tiver que passar,
não se economize.
Sinta todos os sabores que o amor tem,
desde o adocicado do início até o amargo do fim, mas não saia da história na metade.

Amores precisam dar a volta ao redor
de si mesmo, fechando o próprio ciclo.
Isso é que libera a gente para
ser feliz novamente...

QUANDO VOCÊ PARTIU

Quantas vezes fiquei nesta porta...
Quantas vezes esperei você entrar
Quantas vezes não quis acreditar
Quantas vezes pedi que fosse só um sonho
Quantas vezes chorei de saudade
Quantas noites passei em claro
Quantas não sei...
Meu Deus... Quantas vezes te perguntei...
Por que? Quantas?
Sempre em vão...
Quanto tempo? Fazem anos...
Mas parece que foi ontem
Que você partiu
E junto com você
Parte de mim morreu também
Hoje voltando atrás revendo
Amargando a dor
A saudade
Meu anjo
Meu irmão
Faz anos
Mas é como se fosse ontem
Impossível disser que fechei a porta
Que não sinto mais saudade
Que não choro mais...
Só posso te disser...
Que um dia irei te rever...
Não sei quando nem como
Mas este dia chegará
Fafá Lima

Ajude Sempre!

Ajude Sempre!
Ajude, mesmo conversando!
Uma boa palavra, um sorriso de incentivo,um pensamento construtor são, muitas vezes,o ponto de partida para uma grande vitória daqueles que nos cercam.
Se observar tristeza ou preocupação, procure ajudar.
Se não puder agir, fale.
Se não puder falar, ao menos pense firmemente,desejando a felicidade e esta atingirá seu objetivo.
Mas, ajude sempre!

Mensagem extraída do livro "Minutos de Sabedoria"C.Torres Pastorinho

Bom domingo amigos...beijos...

sábado, 27 de janeiro de 2007

Decadência

Vai morrendo a cor do céu em outro crepúsculo,
e descendo dos cântaros poucas gotas num vazio
gotejando em mais um peito enegrecido e rústico,
ressequido pelos anseios de mais um dia que ruiu.
Envelhece a noite no ritual sombrio da cancela,
onde um monólogo de estrelas brilham risonhas
escoando a nobre prata suicida, que ri medonha
às avenidas assassinas sentenciando sujas vielas.
Claustro ou sedução, alegoria mórbida. Sim e não?
Complementam essa lenta decadência em irônica
gargalhada, e é nessa festa que a farda da solidão
vai despindo a tela descorada, estúpida e atônita.
No último ciclo
Sandra Ravanini

Manhã Poética


Ao romper da aurora,

A última estrela tornou-se invisível.

A lua se foi...

Envolvida pelo sol seu astro-rei,

O orvalho matutino,

Suave como rosto de um menino,

Umedecendo as plantas e o chão...

Passarinhos, dos seus ninhos,

Voavam em direção ao além,

Em busca de uma nova direção

Além do horizonte

Além das montanhas

Dos mares...

Cantando uma suave canção

Colocando uma doce emoção

Deixando em festa meu coração

Com a mais terna imaginação...

Apreciando este espetáculo

Maravilhoso da mãe natureza...

O perfume das flores

O cheiro da mata...

O canto dos pássaros

O brilho do sol...~~




Fafá Lima

sexta-feira, 26 de janeiro de 2007

Ser monstruoso...

Que ser desastrado... que ser medonho... Errante... usurpador dos sonhos de amor... Há uma ave negra em você... que não lhe deixa Ser... viver... sorrir... só curtir a cruel dor!... Livrar-me de você? - Não posso! Estar longe de você? - Me é impossível... Estamos tão presas... somos nós sempre... Numa luta anormal...e inadmissível.... Que ser monstruoso... é você afinal? Perseguida pela inveja... provocante... Que só desperta sentimentos obscuros, Noites quentes... sorrisos insinuantes... Que ser é você... que sempre quis o sol E só provocou tempestades e invernos? Que sempre amou a natureza, as rosas... Que desejou o céu e conquistou o inferno? Errar?... - Você erra sempre... sempre! Nasceu assim... imbecil e diferente... Querendo semear afeto.. . ternura, doçura... Só conseguiu beber o veneno da serpente! Mas o que fazer... com esse ser abestado Que é você... e seu estúpido modo de ser? O que fazer?... - Se essa criatura que vejo no Espelho sou eu... e o meu jeito de querer?


Mary Trujillo

AQUELES SONHOS SEMPRE SONHADOS

Aqueles sonhos muitas vezes adiados, mas que sempre foram acalentados...
Quem não tem sonhos irrealizados? Sonhos que durante algum tempo ocuparam nossos pensamentos, mas que, por razões várias foram deixados de lado.
Quantas vezes paramos para pensar naquilo que deixamos de tentar, por termos encontrado obstáculos que conseguiram impedir a realização de um sonho, de algo que acalentamos durante muito tempo. E se nos vemos impossibilitados de sequer tentar a realização desse anelo, sentimo-nos frustrados, e sem muita vontade de prosseguir tentando alguma coisa.
Na realidade, se temos algum sonho em nossa vida, não devemos dele desistir, salvo se após tudo tentar, ele se mostrar inexequível, sem qualquer possibilidade de ser levado avante. Contudo, mesmo que assim aconteça, nunca devemos deixar de sonhar.
Se um não deu certo, podemos nos dedicar a outro. Sonhos são a mola mestra que nos impulsiona para frente, que nos faz lutar, pois sempre será o objetivo a ser alcançado.
Todos nós possuimos algum tipo de sonho, grande ou pequeno, mas é algo que está latente em nosso interior, querendo saltar, apenas esperando a oportunidade de ser realizado.
Por vezes não percebemos, mas um sonho nasce em nosso coração, dando mais motivação à nossa vida, estimulando-nos a continuar nossa caminhada.
Na realidade, estamos sempre procurando realizar algo, satisfazer um desejo, por menor que seja. Por vezes desanimamos, achando que não conseguiremos realizá-los, parecem inexequiveis, estando assim muito distante de nós, fora de nosso alcance, ou que não temos capacidade para tanto.
Não podemos duvidar de nossas possibilidades, pois se não acreditarmos em nossos sonhos, fatalmente os perderemos.
Não podemos deixá-los envelhecer no "baú dos projetos", caso contrário não conseguiremos mais realizá-los, o que poderá ser conseguido apenas pela luta, pelo nosso esforço e nossa persistência, ainda que tudo leve a pensar que não será possível.
Para não desistir de um sonho, temos que buscar forças em nosso interior. Temos que acreditar em nossas possibilidades, se efetivamente for de nosso desejo sua concretização. Vamos acreditar na beleza de nossos sonhos e na capacidade de realizá-los.
Apenas isso poderá nos empurrar para diante, fazendo-nos sentir o imenso prazer que é ve-lo assim realizado, apesar de todas as contrariedades que encontramos pelo caminho.
E algo que é um sonho perfeitamente realizável, é ter UM LINDO DIA


Marcial Salaverry

Enfim sós!

Entre quatro paredes
Finalmente nos entregamos
Nos curtimos, nos amamos
Saciamos tantas "sedes"!
No ouvido ecoa ainda o som da doce melodia
Que marcou aqueles momentos de alegria desvairada
Na retina, imagens da cama e de roupas pelo chão atiradas
Símbolos da imortalização de nossas fantasias!
Errado ou direito
Tudo que ali aconteceu, só a dois diz respeito
Tu e eu, somente a nós!
Hoje posso dizer que estou feliz
Não me arrependo de nada do que fiz
Foi sublime o nosso
"ENFIM SÓS"!
Walter Pereira Pimentel

quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

O doce sabor da incompetência

Oculta sob o véu da escuridão
Para sempre perdida num mundo de lembranças
Causando lentamente meu próprio fim.
Afogando sonhos ou esperanças de felicidade
Construindo em torno de mim
O mais alto e intransponível
Perfeita fortaleza.
A proteger-me viver.
De sofrer e ser feliz
Erguido arduamente por meu mais sublime inimigo
Eu mesma!
Medo de sofrer,
Ver de novo, tudo
Profundamente vejo-me destruir.
A juventude de meus anos tornarem-se
Pesarosa como meu coração
Sei-o tudo, e, nada consigo mudar
Desesperadamente tentando ser diferente
Tornando-me cada vez mais igual.
Segure-me enquanto eu caio.

Sentimental

eu ando meio assim,
meio assim com o tempo passado.
Com as coisas todas que não aconteceram
Quando era vão entre nós.
Não sei como preencher o espaço
dos sonhos que não se realizara
me daqueles projetos,
que esquecidos,
envelheceram como eu envelheci.
eu ando meio assim.
sem tirar nem pôr.
mais pó.
mais só.
mais nada.

Lágrimas ocultas

Se me ponho a cismar em outras era

Em que ri e cantei, em que era querida,

Parece-me que foi noutras esferas,

Parece-me que foi numa outra vida...
E a minha triste boca dolorida,

Que dantes tinha o rir das primaveras,

Esbate as linhas graves e severas

E cai num abandono de esquecida!
E fico, pensativa, olhando o vago...

Toma a brandura plácida dum lago

O meu rosto de monja de marfim...
E as lágrimas que choro, branca e calma,

Ninguém as vê brotar dentro da alma!

Ninguém as vê cair dentro de mim!

Florbela Espanca

Desalento

Sim, vai e diz
Diz assim
Que eu chorei
Que eu morri
De arrependimento
Que o meu desalento
Já não tem mais fim
Vai e diz Diz assim
Como sou Infeliz
No meu descaminho
Diz que estou sozinho
E sem saber de mim
Diz que eu estive por pouco
Diz a ela que estou louco
Pra perdoar
Que seja lá como for
Por amor
Por favor
É pra ela voltar
Sim, vai e diz
Diz assim
Que eu rodei
Que eu bebi
Que eu caí
Que eu não sei
Que eu só sei
Que cansei, enfim
Dos meus desencontros
Corre e diz a ela
Que eu entrego os pontos
Vinicius de Moraes

terça-feira, 23 de janeiro de 2007

A importância da foto no curriculum

A importância da foto no curriculum

Presada Dotora,


Quero candidatarme pra o lugar de ceqretário que vi no jornal.


Eu teclo muito de pressa con um dedo e fasso contas ben.


Axo que sou bom ao tefone em bora seija uma pesoa sem muito extudo.


O meu salario ta aberto ha discusssao o pra que a Dotora possa ver o que mi pode pagar e a Dotora axar qui eu meresso.


Posso comessar imediatamente. Agradessido em avanso pela sua resposta.
Cinceramente,
Coloranildo Silveira

PS : Como o meu currico e muinto piqueno, abaicho tem 1 foto minha.



























Oração da Noite

Senhor, obrigado por mais este dia.

Obrigado pelos pequenos e grandes dons que tua bondade colocou em nosso caminho a cada instante desta jornada.

Obrigado pela luz, pelo alimento, pela água, pelo trabalho, por este teto.

Obrigado pela beleza de tuas criaturas, pelo milagre da vida, pela inocência das crianças, pelo gesto amigo, pelo amor.

Obrigado pela surpresa de tua presença em cada ser.

Obrigada por teu amor que nos sustenta e protege, pelo teu perdão que nos faz crescer.

Obrigado pela alegria de termos sido úteis, ter servido à humanidade, aos que nos cercam.Que amanhã sejamos melhores.

Queremos, antes de adormecer, perdoar e abençoar a quem nos magoou neste dia.

Abençoa, senhor, o nosso descanso, os nossos corpos, os nossos familiares e amigos.Abençoa, desde já, nosso amanhã.

Obrigado! Boa noite, Senhor!

"Feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina"

Cora Coralina

" Nunca deixar de te Amar "

Rápido como uma estrela cadente a viajar,Meus olhos vieram a te encontrar.Com força avassaladora meu coração começou a te amar, encontrei em você felicidade única singular, pura e simples fixas no teu olhar. Olhar que à mim faz viajar, faz meu coração sentir-se livre ao ponto de voar, voar alto, longe, distante, para encontrar teu coração, O mas puro diamante. Jóia a qual eu amo e que pensei estar longe não o bastante ao ponto de por um instante,Sentir-me o último amante. Amor este que pensei nunca poder sentir Mas que em segundos começou a me invadir.Dádiva do céu, presente de Deus, agradeço com lágrimas nos olhos meus, A linda flor que em meu coração veio a brotar,Prometo nunca, nunca parar de lutar, nunca! Atrás voltar, prometo perante todos E a mim mesmo nunca deixar de te amar!(Denis Diniz)

segunda-feira, 22 de janeiro de 2007

BOM DIA E BOA SEMANA

" Muitas pessoas devem a
grandeza de suas vidas
aos problemas e obstáculos
que tiveram de vencer."

(Spurgeon)

Rifa-se um coração

Rifa-se um coração quase novo.Um coração idealista.Um coração como poucos.Um coração à moda antiga.Um coração moleque que insiste em pregar peças no seu usuário.
Rifa-se um coração que na realidade está um pouco usado, meio calejado, muito machucado e que teima em alimentar sonhos e, cultivar ilusões.
Um pouco inconseqüente que nunca desiste de acreditar nas pessoas.
Um leviano e precipitado coração que acha que Tim Maia estava certo quando escreveu..."...não quero dinheiro, eu quero amor sincero, é isso que eu espero...".
Um idealista...
Um sonhador...
Rifa-se um coração que nunca aprende.
Que não endurece, e mantém sempre viva a esperança de ser feliz, sendo simples e natural.
Um coração insensato que comanda o racional sendo louco o suficiente para se apaixonar.
Um furioso suicida que vive procurando relações e emoções verdadeiras.
Rifa-se um coração que insiste em cometer sempre os mesmos erros.
Esse coração que erra, briga, se expõe.
Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.
Sai do sério e, às vezes revê suas posições arrependido de palavras e gestos.
Este coração tantas vezes incompreendido.
Tantas vezes provocado.
Tantas vezes impulsivo.
Rifa-se este desequilibrado emocional que abre sorrisos tão largos que quase dá pra engolir as orelhas, mas que também arranca lágrimas e faz murchar o rosto.
Um coração para ser alugado, ou mesmo utilizado por quem gosta de emoções fortes.
Um órgão abestado indicado apenas para quem quer viver intensamente, contra indicado para os que apenas pretendem passar pela vida matando o tempo, defendendo-se das emoções.
Rifa-se um coração tão inocente que se mostra sem armaduras e deixa louco seu usuário.
Um coração que quando parar de bater ouvirá o seu usuário dizer para São Pedro na hora da prestação de contas:- "O Senhor pode conferir. Eu fiz tudo certo, só errei quando coloquei sentimento. Só fiz bobagens e me dei mal quando ouvi este louco coração de criança que insiste em não endurecer e, se recusa a envelhecer".
Rifa-se um coração, ou mesmo troca-se por outro que tenha um pouco mais de juízo.Um órgão mais fiel ao seu usuário.Um amigo do peito que não maltrate tanto o ser que o abriga.Um coração que não seja tão inconseqüente.
Rifa-se um coração cego, surdo e mudo, mas que incomoda um bocado.Um verdadeiro caçador de aventuras que ainda não foi adotado, provavelmente, por se recusar a cultivar ares selvagens ou racionais, por não querer perder o estilo.
Oferece-se um coração vadio, sem raça, sem pedigree.
Um simples coração humano.
Um impulsivo membro de comportamento até meio ultrapassado.
Um modelo cheio de defeitos que, mesmo estando fora do mercado, faz questão de não se modernizar, mas vez por outra, constrange o corpo que o domina.
Um velho coração que convence seu usuário a publicar seus segredos e a ter a petulância de se aventurar como poeta.
(Clarice Lispector)

domingo, 21 de janeiro de 2007

AS NOVAS ARMAS DA POLICIA PORTUGUESA

POQbum.com
POQbum.com

CÉSAR NÃO DÊS DE BEBER AOS TEUS GATOS

POQbum.com
POQbum.com

FRANCISCA


DE UMA AMIGA SUPER EXPECIAL

A luz do dia

A noite em nostalgia ansiapor seu amor chegar..o diate-lo por todas a horas queriacom seu calor, sua luz e magiaSuas lágrimas ponteiam no firmamentocristais brilhantes na sua escuridãoalgumas cadentes na sua solidãoescuro frio no seu sentimento..Na espera ansiosa pelo diapara envolve-la com sua alegriacantando no seu silenciosilencio onde passa sozinhaAte sentir as caricias nas suas nuvensos carinhos nos seus aresclareando seus desejosaquecendo suas relvas maciasSentir que sua luz te tome nos braçosque seus raios a penetremque seu intimo brilhe nesse prazer se entregando a esse orgasmo luminosodo dia , por todo diaaté descansar no ocasona penumbra de uma nova despedidaSem luz...de novo a nostalgia...sem o amor do dia
Joe'A

CHORA A POESIA

Não chores poesia...Insensíveis os corações de alguns...Nada sabem sobre a essência e o seu real valor...Ignoram que o poeta, ao terminá-ladeu-lhe vida, uma alma missionáriaque nos envolvem com a consciência do mundo de alguma forma, só senteme percebem mesmo, as almas apaixonadas pela vida, filhos damesma árvore, frutos de amor...Venha de onde vier, aqui me tensdesnuda por dentro a espera dastuas imagens, quimeras, memórias,ideiais e infinitas loucuras...Não me importa a tua linguagem,basta que me faça nascer erenascer em tuas ondas...Aqui me tens poesia...Sou teu amor e desamor, teus desejos e tuas renúncias...Não somos tempo ou contratempo,somos vontade e amor...
Naidaterra

sábado, 20 de janeiro de 2007

Bilhete escrito, lágrima de saudade

Abri os armários de recordações e deixei as emoções fluírem, folheando páginas viradas, vidas separadas, lugares distantes ficaram para trás, através dos vidros da janela foi distanciando cada vez mais.
Páginas marcadas, perfume entranhado na alma há tanto tempo, a letra quase que desenhada, histórias contadas, amores vividos, paixões adormecidas, revivi cada momento.
Lágrima derramada, feito chuva repentina, embaciando a visão, escorrem sem cessar, sinto a mesma sensação de quinze anos atrás, como o coração adolescente e uma mente confusa e difusa querendo ser gente.
Lembranças guardadas, com sete chaves fechadas, baú de profundas emoções, rosas como marcadores de página, contam suas histórias na doce melodia, na sensibilidade do toque dos dedos, nos olhos que se fecham na entrega do primeiro beijo.
Sapatilhas e meias de seda, vestidos de renda, colar de pérolas, no palco da vida, abriram-se as cortinas, ouço os aplausos, curvo a cabeça, segurando o vestido,
Na ponta do pé e mãos ao alto, desenho no ar movimentos suaves e delicados, giro alguns segundos, no recitar do verso vejo o mundo em minha volta.Luzes da ribalta, na bruma da solidão, perdem a razão, vivo apenas de emoções.
Bilhete selado, antigo e atual namorado, versos recheados de paixão e ternura, ainda guarda no olhar a mesma doçura, que o tempo não apagou, traços marcados pela maturidade, a idade pouco importa, menino corre, abre as portas onde a luz permeia, estou grudada nessa teia de ilusões.
Águida Hettwer

Esquecimento

Lembranças perdidas,não mais torturaram sentimentos, preenchidos por angústias de outrora. Esqueça os passos leves,que nos arrastavam, na procura enlouquecida de mais uma razão, que sequer permitia-nos a liberdade da imaginação. Não mais precisaremospovoar lacunas insanas, que nos desamparavam, de ter qualquer ilusão.Afastadas as tristezas, entoaremos uma nova canção que embalará sonhos de vidasa cada recordação
Schyrlei Pinheiro

EM PLENA LUTA

Recorda que o fracasso, o obstáculo e a dor constituem forças milagrosas da vida que devemos utilizar na superação das próprias fraquezas.
*
A semente vale-se da cova de lama para germinar e produzir.
* A madeira bruta submete-se ao martelo, à enxó e à plaina da carpintaria, a fim de converter-se em utilidade.
* A rosa aproveita a haste espinhosa para florir e perfumar a paisagem.
* A pedra sofre a intromissão do buril, concorrendo às galerias de beleza no campo da arte.
* A própria Natureza vale-se da nuvem, do temporal ou da tempestade para tornar-se fecunda.
* O mundo é a grande escola, onde o triunfo real e soberano pertence aoespírito que soube descobrir a grandeza do próprio sacrifício, aceitando-ocom amor, humildade e alegria.
* Há, em toda parte, muita provação que somente produz desalento e lágrimas, enfermidade e morte; entretanto, nas almas duramente tituladas na academia da fé, o sofrimento gera dignidade, inspiração luminosa, respeito eheroísmo.
* Cada qual pode converter a própria cruz em asas luminosas para a ascensão divina.
* Jesus transformou a aflição do Calvário em luz imperecível de ressurreição e vitória.
Que faremos, pois, de nossos pesares pequeninos? Aprendamos a ultrapassar os insignificantes desgostos da luta humana e venceremos facilmente as altas fronteiras de sombra que ainda nos separam da vida imperecível.
Emmanuel

sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

DO ORLANDO VASCO E SARA


Tu És Enigma!

Tu és enigma..
Fonte de indagações SUBLIMES...
Perpassas por meus olhos, AUSENTE...
Seu semblante meio triste,
Indaga-me!
Saudade do que não vejo
Espera ansiosa do que não tenho
Sequer imagino onde estejas,
Se existes.
Tristeza por não poder.
Alegra-me quando chegas
Entristeço-me quando não vens!
Até quando solitária presença
Invadirás assim meu ser?
Se na lua de agosto te mostras
Meu sorriso demonstra a vontade
De tocar o que não sei
De contemplar o invisível.
Tu és Enigma!

Anna Paes

Quero saber mais de você

Não me importa o que você faz para sobreviver.
Quero saber qual a sua dor e se você tem coragem de encontrar o que seu coração anseia.
Não me importa saber sua idade.
Quero saber se você se arriscaria parecer com um louco por amor, pelos seus sonhos, pela aventura de estar vivo.
Não me importa saber quais planetas estão quadrando sua lua.
Quero saber se você tocou o âmago de sua tristeza, se as traições da vida lhe ensinaram, ou se omitiu por medo de sofrer.
Quero saber se você consegue sentar-se com as dores, minhas ou suas, sem se mexer para escondê-las, diluí-las ou fixá-las.
Quero saber se você pode conviver com a alegria, minha ou sua, se pode dançar com selvageria e deixar o êxtase preenchê-lo até o limite sem lembrar de suas limitações de ser humano.
Não me importa se a estória que você me conta é verdadeira.
Quero saber se você é capaz de desapontar o outro para ser verdadeiro para si mesmo, se pode suportar a acusação da traição e não trair sua própria alma.
Quero saber se você pode ser fiel e conseqüentemente fidedigno.
Quero saber se você pode enxergar a beleza mesmo que não sejam bonitos todos os dias, e se pode perceber na sua vida a presença de Deus.
Quero saber se você pode viver com as falhas, suas e minhas, e ainda estar de pé na beira do lago e gritar para o prateado da lua cheia....
"Sim"!
Não me importa saber onde você mora ou quanto dinheiro tem.
Quero saber se você pode levantar depois de uma noite de pesar e desespero, exausto, e fazer o que tem de fazer para as crianças.
Não me importa saber quem você é ou como veio parar aqui.
Quero saber se você estará ao meu lado no centro do fogo sem recuar.
Não me importa saber onde, o que, ou com quem você estudou.
Quero saber o que sustenta o seu interior quando todo o resto desaba.
Quero saber se você pode estar só consigo mesmo e se verdadeiramente gosta da companhia que carrega em seus momentos vazios.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2007

PANDORA

AMIGA A MUSICA ESTA DEMAIS, MIL VEZES OBRIGADA
ARREPIEI
BEIJOS MIL

FRANCISCA

DE UMA AMIGA SUPER EXPECIAL ME ESCREVEU ESTAS LINDAS PALAVRAS

FRANCISCA QUE ESTAS NA OTA
RAINHA DAS MINHAS CONFICÇÕES
AMIGA COM SINSERIDADE
NÃO ME DEITO SEM TEU NOME PENÇAR
CREIO EM TI COMO MINHA DEVOTA
ISTO TUDO ENQUANTO EM TI CONFIAR
SO TU ME ACALMAS E AJUDAS A PENSAR
CONTIGO NO MEU PENSAMENTO ESTOU COM FÉ
AMIGA SÓ APETECIA TE ABRAÇAR


OBRIGADA AMIGA POR ESTAS LINDAS PALAVRAS, POIS COMO SABES EU TENHO MUITA ADMIRAÇÃO E CARINHO POR TI, MELHOR PEL TUA FAMILIA LINDA.
OBRIGADA AMIGA POR EXISTIREM NA MINHA VIDA

meu menino de luz


De luz,
muita luz,
Deus fez os céus, o verde e o azul.
De intensa luz,
infinitas luzes,
Deus criou o róseo,
o lilás, o índigo,
muito de aurora e crepúsculo.
Branco,
branquinho sem sombra,
vermelho, bege, amarelo,
ouro novo, ouro velho
surgiram da madrugada azul
em início de clarear sem nuvens.
De favos do mel celeste,
ganhamos cobalto, cinza, goiaba,
muito de topázio e laranja.
Do hálito de uma manhã-neblina,
fruímos, do verde, quarenta tons:
verde musgo, verde espiga, verde mar,
limão verde, verde cana,
ondas verdes de verdes mares.
Mil verdes de mil florestas,
azuis de mil montanhas,
verdes de prados verdejantes
como apreciava o Salmista.
Vejo azuis e verdes,
verdes iluminados de azuis:
safiras, esmeraldas, turquesas,
doce olhar de brilho verde
em mil sentimentos de amor!

WANDERLINO ARRUDA

PROCURA-SE UM AMIGO /A


PROCURA-SE UM AMIGO
Não precisa ser homem - basta ser humano, ter sensibilidade e ter coração.
Precisa de saber falar, de saber calar e, sobretudo, de saber ouvir.
Que goste de poesia, do alvorecer, de pássaros, do sol, da lua e do murmúrio das brisas.
Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir a falta de não ter esse grande amor.
Deve guardar segredo sem sacrificar-se. Não é imprescindível que seja em primeira mão, nem mesmo em segunda; pode já ter sido enganado (todos os amigos são enganados).
Tem de ter ressonâncias humanas; seu principal objectivo deve o de ser amigo; deve sentir a tristeza das pessoas e compreender o imenso vazio dos solitários.
Procura-se um amigo que tenha os mesmos gostos e que saiba conversar de coisas simples.
Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque se tem um amigo.
Precisa-se de um amigo que, a sorrir, nos bata no ombro e creia em nós.
Precisa-se de um amigo para se ter a certeza que ainda se vive.

para uma amiga meia perdida mas tenho fé que se encontre e seja muito feliz

NÃO ESTRAGUE O SEU DIA...
A sua irritação não solucionará problema algum.
As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas.
O seu mau hunor não modifica a vida.
A sua dor não impedirá que o sol brilhe de amanhã sobre os bons e os maus.
A sua tristeza não iluminará os caminhos.
O seu desânimo não edificará ninguém.
As suas lágrimas não subsistuem o suor que você deve derramar em beneficio da sua própria felicidade.
As suas reclamações, ainda que afectivas, jamais acrescentarão nos outros uma só grama de simpatia por si.
Não estrague o seu dia: Aprenda a desculpara infinitamente,construindo e reconstruindo sempre, para o bem infinito.

para uma das minhas amigas


A LUA NOS MEUS BRAÇOS

Tenho a alma repleta
De ternura sem dono.
Dá-me tua presença azul
E vem comigo sem medo
Percorrer a estrada do amor.
Vem embalar a lua
Nos meus braços nus,
Espiar a face das estrelas
Nos lagos noturnos
Formados nos meus olhos.

Tenho o coração transbordando
De ternura vadia.
Dá-me tua mão,
Caminhemos lado a lado,
Para que nossos passos
Risquem trilhas paralelas.
Vem comigo
Colher as rosas vermelhas
Que perfumam as estradas.

Amor, fecha-me os olhos
Em teus doces lábios.
Não me deixes pensar
Que além se oculta
A encruzilhada do nunca mais

Amanhã

Amanhã
Não acordarão restos de trevas em mim
Descobrirei pássaros a cantar em meus olhos
E voarei descalça em cada Alvorada.


Amanhã
Não me permitirei a couraça da solidão
Nem enclausurarei palavras estéreis em meu coração
Darei guarida ao vento, espalhando sem pejo meus sonhos


Amanhã
Não esperarei o tempo escorrer em meus dedos
Nem entre novelos tecerei tristezas e lágrimas
Pintarei de arco-íris a aquarela que agoniza em meu peito


Amanhã
Não deixarei que semeiem pântanos ao meu redor
Nem que fossos me distanciem dos meus desejos
Sempre haverá uma primavera desabrochando em mim


Amanhã
Não naufragarei minhas esperanças e alegrias
Na letargia afônica das minhas mãos
Navegarei sem temor pelos oceanos das oportunidades


Amanhã
Não confiarei apenas ao destino meus sorrisos
Nem permitirei que meus lábios emudeçam carinhos
Engravidarei de sol, iluminando o ventre do mundo


Amanhã
Não me perderei em meus labirintos de impossibilidades
Nem deixarei qualquer dor me estilhaçar
Ainda que permaneça cristal..."
- Nandinha Guimarães -

NESTA NOITE

Essa noite infinita parece ter invadido o meu destino.Sinto-me como um pássaro que foi ferido no céu e agora está caído no mar.Ao fechar os meus olhos o pensamento parece ficar lembrando tudo o que o olhar esqueceu.
Não chovo faz tempo.Mau sinal, mau sinal.É como seca no sertão ficar assim sem chover nem uma gota.As lágrimas para mim são o transbordar da minha alma.Se não transbordo é porque estou conciso, abreviado, limitado.Deve de ser culpa dos meus “passos retrocedidos”.
“A emoção acabou, que coincidência que é o amor, a nossa música nunca mais tocou”.Não choro só por amor, choro por tantas coisas, mas nada parece conseguir me emocionar, eu tô seco, eu tô seco por dentro.Devo estar precisando do beijo de mulher e do colo da menina.Liga não, é que todo verão eu fico assim.Sol demais cozinha meus miolos!
A emoção pode ser tanto antídoto como veneno.A diferença está na dose em que se emociona.Quem tem emoções a flor da pele sofre pra caramba.Sofre porque facilmente se decepciona.E quem não tem emoções, só razão, não sabe o que é bom. “Prendia o choro e aguava o bom do amor”.Emocionar-se é o que de mais humano há em ser humano.
Enquanto o sono não vem, tava aqui(este texto foi manuscrito em cima da minha cama a meia-noite) lembrando de uma coisas.Tava lembrando de um lugar lá de Niterói.Ficava numa praia linda, linda. Em cima de uma pedra a gente ficava ouvindo música.Foi quando tocou “Whem a man loves a woman”.E aquilo que o cara diz na letra que quando um homem ama uma mulher ele “dormiria lá fora na chuva” é totalmente verdade.Aconteceu comigo em muitos verões.
E lembrei também de uma das frases mais belas que já vi num filme.Do mesmo titulo da música “Quando um homem ama uma mulher’.Esse filme conta a história de Alice(interpretada por Meg Ryan) uma alcoólatra que quase acaba com a sua vida.Quase porque tinha um homem apaixonado por ela e que não deixou.O amor dele é que a salva.
Num certo momento Andy Garcia diz a Meg Ryan :
“Seu rosto pode dar mais de 600 sorrisos com o mesmo brilho e encanto”.
Com essa lembrança finalmente estou chovendo...

andre luis aquino

SAUDADE APENAS SAUDADE


Tenho saudade dos sonhos
Que sonhei na adolescência
Sonhos que imaginei


Tenho saudade dos tempos que sonhei
De tudo que planejei
Dos sonhos que não realizei

Tenho saudade das amizades

Das festas
Das alegrias
Dos sonhos que sonhamos

Tenho saudade daquela menina
Que sonhou
Que planejou
Que buscou no dia a dia
Realizar seus sonhos.

Tenho saudade dos sonhos
Que o tempo levou
Que a dura realidade
Não realizou.

Tenho saudade sim...
aprendi que a vida não é feita de sonhos
mas sim de ideais de fatos
os sonhos as fantasias
são apenas uns passes de magia
que alimentam nosso dia a dia

Fafá Lima

quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Amigos são luzes

Amigos são luzes que iluminam nosso caminho
quando só vemos escuridão.
Luzes que nos fazem enxergar com clareza o que
nos parece tão confuso.
Luzes que depositam em nossos olhos o brilho
de um abraço-irmão.

Amigos são luzes de fogos de artifício celebrando
nossas vitórias.
Luzes que nos revestem de brilho diante das coisas
mais singelas.
A nos embalar o sono, luzes diáfanas,
refletidas na janela.

Amigos são luzes coloridas que nos convidam a sonhar.
Luzes enfileiradas adornando nossa árdua trajetória.
Luzes que se convertem em lágrimas para ao nosso lado chorar.

Amigos são luzes vindas do mar em forma de pérolas,
jóias reluzentes premiando a mais bela amizade.
Luzes de um palco encantado, que representa a verdade.

Amigos são luzes de vaga-lumes que voam alegres no quintal.
Luzes que iluminam nossa alma com seu belo cintilar.
Luzes mágicas, que convertem o mais rude casebre em palácio real.

Quem tem um amigo-luz é um ser abençoado.

EU TENHO VOCÊ!!

- Dorcila Garcia -

Declaro que te Amo

Declaro que te Amo



Quantas vezes lhe procurei
Não sei quantas, não contei.
Não percebi que procurava.
Lhe deseseja sem saber,
Eu sabia que você existia e lhe amava sem querer
Lhe sinto minha, lhe quero minha

Não sei se é paixão, amor, ou também tesão
Sei que mais do que tudo, lhe quero comigo
Quero lhe ver feliz em meus dias
Ns manhãs quero ver seu despertar, seus olhos me encontrando,
Sua boca me deixando sentir sua primeiro gosto,
Seu hálito quente com sabor de sexo e seu cheiro de sono

Quero me misturar com seu sonho,
Sem saber ao certo se já estou despertado
Ou se lhe envolvo em meus encantos
Em nosso desejo macio e com fúria,
Perdido e surpreso de tão intenso

Quero sentir seu suspiro ao meu toque,
Beijar o seu corpo e ouvir seus gemidos,
Assim lhe quero, menina, mulher, safada...

Lhe quero e lhe chamo, e sem chances de lhe acordar,
Simplesmente lhe abraço,
E deixo minha mão na sua,
E junto nossos corpos como se dois fosse um só

Porque já lhe encontrei,
Porque você sempre fez parte de mim
E por um querer do destino
Nossa união teve seu tempo certo para acontecer

E sei quem é você. Você sabe de mim.
E deste momento em diante nosso caminho se funde
Mesmo sem saber ao certo por onde andaremos
Mas com uma certeza.

Nosso caminho será sempre o mesmo
Nosso futuro está sendo escrito
Onde nosso destino é a felicidade!

E assim "Declaro Que Te Amo"

José Eduardo C. Trefiglio

BOA TARDE AMIGAS E AMIGOS

Existem pedras.
Não desista de andar.
Existem barreiras.
Não desista de passar.
Existem os nós.
É preciso desatar.
Existe o desanimo.
É a pior coisa que há.
A estrada é longa.
Não desista de chegar.
Existe o cansaço.
É preciso caminhar.
Existe a derrota.
Voce nasceu para ganhar.
Existe o desamor.
É fundamental amar.
Porque voce nasceu para brilhar.
Seja muito feliz!
Deus assim o quer pra todos

tenha uma otima semana
beijus

Amor além do Além
Joe'A

Se antes de mim voce morrer
nao saberei como vou viver
por nao ter mais um coração para bater
por nao ter mais sentido para existir

Porque com voce vai uma parte de mim
sem voce....não saberei viver assim
vegetando esperarei o meu fim
a saudade, a dor em lagrimas candentes

Imaginar uma cama falecida
sem ressonar, sem calor
sem lençois desfeitos pelo amor
sob a fria solidão de um cobertor

Ou uma casa vazia
desarrumada pela sua falta
casa que não é lar
sem seu perfume sem sua alegria

Meu peito uma lapide se tornaria
Sepultura de um coração que pulsaria,
com amor morto, mas nao mais palpitaria
Na lousa tumular...meu sentimento talharia

Quando chegar meu dia...
juntos, para todo o sempre,
com nosso amor...
O além resplandeceremos

terça-feira, 16 de janeiro de 2007




AMOR E CARINHO

Carinho assim tem mais valor,
pois é feito com muito amor,
tem da alma todo o calor,
desse amor feito seja como for...
Carinho feito também da saudade
Que faz arder no peito, o coração
Também a alma toda invade
Mas com afetiva comoção...
Essa gostosa sensação,
nos faz sentir o que é felicidade...
Dá luz ao coração,
é o amor... essa grande novidade...
Que é uma grande verdade...
Ama-se a si próprio no outro...
Embora na adversidade,
este pareça um amor louco...
E o mais lindo de tudo,
foi que teve seu carinho para fazer...
Amor e carinho,
é o melhor caminho
para bem viver...

Marcial Salaverry

os meus meninos





A CONQUISTA DA AUTONOMIA
Com seis anos surgem as primeiras responsabilidades. É importante que os pais vão preparando as crianças para serem mais independentes, aponta Maria João Ataíde, professora universitária. “Elas vão ganhar autonomia”. E isso deve ser estimulado através de pequenos gestos, como ajudar nas tarefas domésticas, gerir o dinheiro que lhes vai sendo dado. “Sem medo, mas com cautela”, aconselha.A transição do pré-escolar para o 1º ano poderá ser mais fácil se for feita em turma, ou seja, se alguns colegas forem para a mesma escola. Mas isso nem sempre sucede e, por vezes, os miúdos sofrem com as saudades dos amiguinhos com quem conviveram nos últimos três anos.Mais uma vez, é importante que os pais revelem o que é a escola. É essencial que se conheça o professor e o estabelecimento de ensino. Uns dias antes, as escolas públicas já estão abertas. “ tudo o que for mostrar a realidade futura é bom para diminuir os receios”, aponta a educadora Lúcia Fialho.Os pais devem ajustar-se às necessidades das crianças. Por exemplo, transformar a compra do material escolar num “ritual” partilhado. Se a menina quer um caderno da Barbie, ainda que a mãe o ache “piroso”, deve comprá-lo, porque a garota vai sentir-se confiante quando o usar.Há que preparar os miúdos para as principais mudanças: a educadora que contava histórias vai dar lugar à professora que ensinará a ler e a escrever. O cantinho das bonecas do jardim de infância vai ser substituído por uma sala com as mesas enfileiradas. Já não se pode chegar atrasado, nem faltar, é preciso ser pontual e assíduo. A criança vai passar a ser avaliada. Em casa, há que criar um espaço onde possa estudar, um canto só seu.Antes do início das aulas, os pais podem reunir a família e fazer uma festa para comemorar o novo ciclo. Mais uma vez, funciona o factor recompensa. A criança merece, porque esta é uma nova fase da sua vida.
Bárbara Wong

PRECISO SOBREVIVER...


À Cada ano, tudo se renova! Esperanças
Trazem sempre um sabor de verdades ainda
Tão ocultas! Acreditar é preciso!É NATAL!
Todos os sonhos ganham coloridos tão novos,

Tão reais, que não podemos deixar de esperar!
Sinto-me como um cisne, que nada em águas frias,
Buscando seu par,perdido talvez,por correntezas
Do verão,que desviam o curso das águas!

Nada na penumbra da lua,que brilha sobre as
Águas do mar tão sereno! Águas tão mornas!
Como a ave solitária,vou procurando o encanto
Da natureza, neste verão de céu brilhante! São

Estrelas! Brilham como luzes que piscam nas árvores
Coloridas do NATAL!Vou fazer um pedido! Apenas um!
Neste NATAL,queria ver-te,meu companheiro
Tão antigo! Queria poder beijar-te a face docemente!

Nada quero que não seja um beijo! Um beijo de NATAL!
Onde estiveres,amor querido,nesta noite,quando soarem
Os sinos,lembra-te de mim! Olhe para a praia e verás
Bem distante da praia,teu cisne perdido,emoldurado

Apenas por uma única esperança:Beijar-te neste NATAL!
Beijar-te os lábios suavemente!Depois então,partirei!
Não voltarei mais! Deixarei só meu coração,mutilarei
Minha vida,mas seguirei sozinha! Feliz pelo teu beijo!

Quem sabe um dia, em outra noite de NATAL,não mais
Me deixarei perder pelas correntes do mar!Ficarei perto,
Tão perto de ti,que virás ao meu encontro,sem que eu
Perceba,para abraçar-me com doçura e beijar-me outra

Vez,imortalizando todos os NATAIS em minha vida!
Sim,tu o farás! Será meu presente máximo! Será tão
Forte meu sentimento,tão caloroso meu amor,que
Tombarei feliz,para em teus braços apenas,despedir-me

Da vida,em grande estilo! Nobre,como o cisne branco,
Que pode morrer de amor!
De paixão!
De solidão!
Deleniralmeida

quem sou eu


Qual é o meu eu verdadeiro?::



Essa pergunta: ”Quem sou eu, DE VERDADE?” sempre bate na minha cabeça quando duvido de mim mesma e, especialmente, quando acho que me sinto estranha por alguma razão indecifrável. Estranha em relação às minhas ações, às minhas palavras, às minhas escolhas. Isso me acontece em certos momentos e então eu duvido de mim mesma me sentindo de alguma forma ‘diferente’, ou ‘estranha’. Creio não ser a única a sentir essa estranheza. Muitos dos meus clientes me fazem a mesma pergunta e acrescentam: “Eu gostaria de ser diferente”, ou “Eu gostaria de ter agido de forma diferente”! Quando eles me colocam esse tipo de pergunta me debruço sobre o mapa natal da pessoa para ver se consigo esclarecer sua dúvida. Devo analisar então com cuidado uma complexa personalidade que pode ser resumida em partes principais: o aspecto solar da personalidade, que define o Eu interior, verdadeira identidade que precisará ser desenvolvida nessa encarnação; o aspecto lunar, formador do ego ou auto-imagem, construído através da interação com o meio-ambiente de criação do indivíduo; o Ascendente, que representa o corpo físico propriamente dito ou “veículo corpo” com o qual o Eu e o Ego procuram se expressar e satisfazer suas necessidades; e por último o Meio do Céu (MC), meta principal que sinaliza a missão principal do indivíduo. Porém, lembrem-se bem que esses quatro pontos representam somente uma parte da personalidade.Então, com esses quatro pontos em mente, procuro desenvolver uma linha de raciocínio sobre a qual basear minha resposta àquela primeira indagação. Se eu encontro harmonia entre o Sol e a Lua (seus signos e seus aspectos), posso dizer que a pessoa terá uma personalidade mais equilibrada e dificilmente se porá a questão ”Quem sou eu realmente”, porque sua auto-imagem está construída sobre a imagem solar e portanto não lhe apresenta nenhuma dúvida. Mas se esses dois ‘luminares (como são chamados o Sol e a Lua em astrologia) que representam o lado racional e o lado emocional da personalidade encontram-se em signos incompatíveis ou estão em aspecto tenso entre eles, haverá uma desarmonia entre o ‘pensar’ e ‘sentir’ e esse aspecto será capaz de provocar esse tipo de estranheza, esse questionamento interior. Se a pessoa possui esse aspecto no Mapa Natal o questionamento poderá ser permanente e recorrente ao longo de toda a sua vida, mas isso pode acontecer num determinado período por causa de um aspecto transitório, como um trânsito planetário. Assim quando um dos luminares for pressionado por algum planeta em trânsito, capaz de salientar as qualidades ou defeitos do luminar em questão e colocando-o em desarmonia ou desequilíbrio, poderá ocorrer essa estranheza. Vou dar um exemplo: se nesse momento eu (estou falando de mim mesma!) me encontro muito irritada e agitada, tendo reações absolutamente descontroladas (em certos momentos!), será certamente causado pelo fato de meu Sol, em Peixes, estar sendo pressionado pela presença de Urano, planeta relacionado a Aquário e, portanto, não compatível com a natureza pisciana do meu Eu. E então eu me pergunto: “Por que estou agindo dessa maneira? Eu não me reconheço”! Pois é, isso pode realmente acontecer com qualquer um de nós, pois podemos realmente não nos reconhecer, ou seja, não reconhecer nossa natureza solar porque, por alguma razão, um outro planeta tomou as rédeas de nossa vida e nosso carro parece correr descontrolado por um caminho desconhecido. Tenho observado que muitos piscianos e virginianos (e sagitárianos e geminianos com menor intensidade) que estão sob a influência direta do planeta Urano, têm experimentado um dia-a-dia bastante agitado e corrido, cheio de imprevistos (desde janeiro de 2004 quando Urano mergulhou em Peixes!), influenciados por uma natureza diferente da deles, mas puderam também, ao mesmo tempo, abrir seu entendimento para uma nova dimensão, mais abrangente e mais espiritualizada, melhorando sua intuição e captando energias mais sutis, nunca antes experimentadas. Por essa razão em algumas ocasiões podem se sentir estranhos, diferentes de si mesmos e ficarem confusos com essa nova personalidade que estão desenvolvendo.Do mesmo modo, o planeta Netuno, que se encontra em Aquário, está causando estranheza nos signos de Aquário e Leão, que estão há mais de seis anos sob a sua influência astral (vejam no site o artigo: Netuno, Caos e Confusão). Eles, e de maneira menos intensa também os taurinos e escorpianos) têm experimentado uma sensação de estranheza que os desafia em várias ocasiões. Os natos desses signos estarão confrontando seu “EU” com um novo desafio, mais sutil, que os forçará a aumentar o campo espiritual em suas vidas, sob pena de adoecerem (no corpo ou na alma!). Bem, esses são somente dois exemplos que me parecem muito úteis para responder àquela pergunta inicial. Mas, dirão vocês, como sair dessa? Como faço para ‘me encontrar’? É claro que o autoconhecimento é imprescindível, pois nos ajuda a compreender a natureza de nossa personalidade e a lidar com ela de forma saudável. Porém, a meu ver, nós temos outras ferramentas que nos ajudarão a responder esta questão. O problema é que muitas vezes nós usamos a ferramenta errada e então não conseguimos nosso objetivo. Isso acontece porque tentamos responder às indagações procurando as ferramentas fora de nós e não dentro de nós! A meu ver, devemos usar quatro ferramentas principais, conforme nos orienta a Cabala:CompartilharRestriçãoConvicçãoTecnologiaQuando sentir medo: use a restriçãoQuando tiver dúvidas: use a convicçãoQuando tiver que enfrentar obstáculos: use a tecnologia para superá-losQuando estiver na escuridão: compartilhe. Dessa forma você conseguirá juntar as duas partes principais de sua personalidade que se encontram em conflito: o Eu e o Ego. Procure memorizar a lista dessas quatro ferramentas e mantenha-as sempre à mão. Quanto mais organizada você mantiver sua ‘caixa de ferramentas’ mais fácil será lançar mão da ajuda certa no seu dia-a-dia.Você poderá então se sentir inteiro novamente, compreender a natureza das oposições que existem ou acontecem em sua vida e superar os obstáculos com mais firmeza e segurança. Naturalmente, um bom astrólogo poderá orientá-lo nesta busca e até lhe indicar quais ferramentas você tem a disposição! Mas recorde-se que o astrólogo poderá somente indicar e você é que precisará usar a ferramenta certa!Bem, para a meditação dessa semana, caros leitores, vocês poderão usar a energia de Mebahiah, o 55° Gênio Cabalístico. O salmo indicado para oração é o 101. Ele os ajudará a reencontrar o equilíbrio entre o Eu e o Ego, revelando seu Eu verdadeiro e unindo as duas forças dos luminares numa única e harmoniosa manifestação.


Bom Dia!



O oposto da alegria você conhece muito bem o que pode fazer com uma pessoa, né?
A tristeza pode até acabar com a vida de alguém.
Você se considera uma pessoa que vive e cultiva mais a alegria ou que está mais voltada
para os sentimentos da tristeza?


Tem muita gente por aí que gosta de ser triste!
Chega a achar que funciona melhor se ficar triste, com a cara fechada!
E até nem se permite viver em estado de contentamento, de júbilo, de prazer, de felicidade. Tem pessoas que chegam a pensar que não são merecedoras desses sentimentos. Também, pudera, nossa própria cultura supervaloriza o sofrer e até nos faz
sentir culpados quando estamos em estado de graça, fazendo-nos esquecer que também
podemos ser alegres e felizes. E você, como tem funcionado?


A alegria, por ser um sentimento agradável, é o estado mais natural do ser humano!
É bom, saudável e correto ser feliz.
E é melhor ainda quando você descobre que é capaz de produzir alegria pra você e para os outros!

Vem cá: o que está impedindo você de se sentir feliz e de estar bem?
O que está te pegando?
Por que manter uma situação e infelicidade em sua vida perdendo preciosos momentos?
Busque você mesmos as suas respostas.
Sinta a alegria em sua vida!
Sinta o prazer de estar vivo!
Você merece!


Ao contrário do que você possa achar, você estando feliz não vai ferir ninguém, viu?


Aproxime-se das pessoas! Não tenha mais medo de amar e nem de ser amado!


Fique mais atento às suas feições, olhe-se mais no espelho e tenha sempre uma semblante
alegre, agradável..... Quando não tiver nada pra fazer, sorria!
Pois a alegria é a freqüência vibratória mais alta que um ser humano pode criar

A alegria que você cultiva em si mesmo se transforma numa preciosa dádiva
para as outras pessoas. Assim, cada um que recebe essa alegria irá passá-la adiante
e assim sucessivamente, numa espiral sem fim.
Dê isso de presente pra você e para as pessoas

Bom Dia!
Bom Divertimento!
E... sorria!
Fique com Deus!


A_guardei

Teu retornoLevantei AndeiPra lá e pra cáPareiOlhei Sentei PenseiSou sempre esperaNunca chegadaQueria tantoSer passagemComo a nuvemPassandoSempreSem pousoSem pisoSem nadaSempreABittar


O definitivo me assusta.

De todos os meus medos o maior vem de tudo que é definitivo.Dizem que na vida a única coisa para que não se tem solução é a morte.Concordo que a morte seja mesmo algo sem solução, que dela não temos como escapar por mais que sejamos saudáveis e gozemos de boa saúde.Quando chega a hora não há escapatória.Mas há outras coisas das quais podemos dizer também que são definitivas.Ao tempo passado não podemos voltar, podemos sim no máximo remediar algumas tolices cometidas, mas viver aquele tempo outra vez só em sonhos.Talvez seja por medo de sofrer que não tentamos reverter certas situações.A dor se apresenta sempre como um obstáculo para nos impedir de ao menos tentar.Meu coração nunca conheceu nada mais frustrante do que quando acredita em algo e se empenha, empenha, empenha e no fim descobre que foi em vão.Ele sabe que foi em vão não ter conseguido aquele objetivo embora tenha nesse esforço ganhado outras coisas.Mas não adianta, apesar disso o gosto da decepção sempre se sobrepõe a quaisquer outros sabores.Drumonnd diz no poema que dá titulo a esse texto que “ a dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional”.O sofrimento é como um eco que fica repetindo na nossa cabeça tudo aquilo que foi “cancelado pela eternidade”Existe uma força que sempre se apresenta como solução para angústias, a perseverança. A perseverança é prima da esperança e ela é a força motriz para transformamos o impossível em possível, mas é preciso ter muito bom senso com ela, é preciso ter o discernimento em saber que tem certas coisas que não são pra gente.É preciso ter muito cuidado com o que se deseja.Eu mesmo já desejei muitas coisas e depois que as conseguia percebia que elas não eram pra mim.Sentia que elas deixavam algo fora do lugar e que era preciso agora “desdesejá-las”.E essas “desdesejos” fizeram parte do meu crescimento.Teve tanta coisa que eu desejei e conquistei que tive depois que abandonar.Pelo menos não sofrerei da dor que Drummond diz no mesmo poema: “Como aliviar a dor do que não foi vivido?”. Procurei sempre ir em busca daquilo que meu coração me dizia.Muitas vezes eram ruas sem saídas e em outras abismos nos quais eu caí e demorei anos para me levantar.Mas mesmo assim fui sempre até o fim desses caminhos.Se fiz algum dia a opção pelo sofrimento , se esfolei a minha pele até que ela ficasse em carne viva foi porque ao invés de ter construído pontes para entender as pessoas eu levantei paredes para me separar delas.“Quando eu estiver contigo no fim do dia, poderás ver as minhas cicatrizes, e então saberás que eu me feri e também me curei.”(Tagore)

terra de ninguem



Terra de ninguém


Milamarian





Seara em flores de outroraacolhes em teu solo penaressacrificas nos próprios altaresprece de dor da terra que chora.Vasto campo de agoniavejo-te sangrar o meu sanguenavalha! no sorriso exangueinerte no palco da sesmaria.Minuano d'outra esferavolves meus olhos à pradariamas não devolves a cor da capela,nos extremos dentro de mimdeclinas apenas o fel de tua apatiaante esta sangria sem fim.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2007

o amor



Botão de amor em flor
Joe'A

Voce foi meu passado, é meu presente
e o futuro de meus sentimentos para sempre
É lembranças que me deixam contente
Sua presença que tenho como um presente

Presente do teu amor que voce me deu
que guardo com muito carinho
com o zelo, com o cuidado do meu amor
que voce a todo...a tudo nele conquistou

Amei voce nos momentos difíceis
que juntos vivemos
adorei os momentos alegres
que juntos dividimos

Admiro sua postura frente ao presente
que juntos compartilhamos
Respeito seus princípios e valores
que junto convivemos

Fomento as esperanças dos nossos sonhos
dos sonhos que já realizamos
dos sonhos que juntos ainda sonhamos
com a Fé que um dia juntos os realizaremos

Com parcimônia juntos amadurecemos
nos alimentando do dia a dia de nossa juventude
Com o tempo passando pelo corpo
mas sempre rejuvenescendo nossa alma

Amor maduro de corpo e alma
que não tem medo nem receio de futuro
que anseia pelo pelo instante seguinte
para sempre colher uma nova flor do amor desabrochada.


Que os raios do sol inundem a tua manhã e encham teu dia de alegria!Que teu sol interior seja perene,
mesmo que esteja chovendoQue o amor te mantenha aquecido, mesmo que esteja frioQue teu jardim do coração estejasempre florido, mesmo que sejainverno ou que esteja nevandoQue o anoitecer abra a sua cortinacom um bailado de lindas estrelas,mesmo que não haja lua e o céu esteja sombrioQue Deus esteja ao teu lado e retire todas as pedras que estejam no teu caminho UM M A R A V I L H O S O DIA!

Toda a felicidade!Nunca esqueças da nossa amizade!Te gosto muitooooo!!!!!

amor imortal



Amor imortal
Joe'A

Meu amor floresce com seu amorcada dia que mais me amamais meu amor resplandecenas cores, nos aromas ele apareceQuanto mais me amasmais este amor crescemais e mais ele rejuvenescecomo um amor inocente de criançaQue passem os ventosQue passem as estaçõesEle forte permaneceMesmo num sol inclemente de verãoCom suas raízes profundascom suas seivas fecundascom seu corpo varonil
com seu viço juvenil

A tudo e todos ele vence
e mais e mais resplandece
mais esplendoroso cresce
fascinante, brilhante...contagiante

Somente não resistiria, se um dia
deixasse de me amar , então...encolheria
ao estado de semente retornaria
quando te esquecesse...em outras terras renasceria...

so queria crescer

Eu só queria crescer..
Corria antes do tempo,
voltava para buscar,
tudo queria entender,
parecia já estar sabendo
que logo iam me faltar..

Como aquietar uma pressa
que se via aflita
e não queria conversa
se não fosse para esclarecer,
explicar?

Falei cedo,
logo aprendi a escrever
e hoje meus pés não são tão pequenos,
mas tenho tanto que aprender!

Ei, mundo obsceno!
O que faço com os medos
que tenho das despedidas, dos acenos,
o que faço com meus remendos?
Não sou mais menina
e não queria muito,
meu pedido era pequeno,
SÓ QUERIA CRESCER!
rivkahcohen

ser feliz

Se queres ser feliz amanhã,
tenta hoje mesmo."
(Liang Tzu)
******************
Todo ser vivente tem dores e insatisfações.
Mas também possuem a oportunidade diária de mais uma vez tentar ser feliz!
Remoer as dores, as angústias e os dissabores é retardar a busca de dias mais felizes.
Lutar contra o mar revolto é difícil mas pode ser o único meio de se chegar a uma margem segura!
Nade ou se afogue!
E comece a dar suas braçadas desde hoje.
Não que o amanhã seja tarde demais, mas certamente terás perdido um dia!!!
Ser feliz é até muito fácil...nós é que complicamos!

Chegando e desejando que todos ao menos busquem essa "tal felicidade".

o mais importante na vida

O MAIS IMPORTANTE NA VIDA

António Botto


O mais importante na vidaÉ ser-se criador - criar beleza.Para isso,É necessário pressenti-laAonde os nossos olhos não a virem.Eu creio que sonhar o impossívelÉ como que ouvir a voz de alguma coisaQue pede existência e que nos chama de longe.Sim, o mais importante na vidaÉ ser-se criador.E para o impossívelSó devemos caminhar de olhos fechadosComo a fé e como o amor.

a escolha

O DOM DA ESCOLHA
Naidaterra
Deus na sua infinita bondadenos deu o dom da escolha...A condição do criador, nos dá aoportunidade de experimentar asconsequências geradas por elas...É essa a forma básica de crescimentoe evolução no sentido de umaconsciência elevada...Tentar ficar atento, reparar e ponderardiante do nosso mundo antes de sefazer qualquer escolha, é ser prudente e paciente...Decidimos livremente como respondera uma determinada situação, tentarentender o seu significado, é a melhor atitude a ser tomada...Sendo assim, evitaremos as dores,as culpas e os lamentos...Tentar criar nosso céu na terra,depende exclusivamente das nossasescolhas...

domingo, 14 de janeiro de 2007

amizade para sempre

Amizade Para Sempre


Às vezes na vida,você encontra um amigo especial;Que transforma sua vida simplesmente.

Alguém que faz você rir...Alguém que faz você acreditar em coisas boas...Alguém que convence você ...De que existe uma porta destrancada...Só esperando para que você abra.
Esta é a Amizade Para Sempre.

Quando você está deprimido...E o mundo parece escuro e vazio...Seu amigo para sempre anima seu espírito...Fazendo com que aquele mundo escuro e vazio...De repente pareça Iluminado e Preenchido.


Seu amigo para sempre fica ao seu lado...Nas horas difíceis, nas horas tristes...Principalmente nas horas que você está confuso.
Se você virar e for embora...Seu amigo para sempre o seguirá.

Se você ficar perdido...Seu amigo para sempre o guiará e o animará.Te considero um desses amigos...

Um amigo para sempre...Obrigado por você existir !!!Você é muito especial !!!Me deixe ficar sempre pertinho de ti.

quem sou eu

QUEM
EU SOU?


Penso em Deus, penso na vida, penso em tudo que me cerca e me interrogo a respeito da função de tudo quanto vibra, de tudo quanto existe sob os céus e guardo grande ansiedade de saber sobre mim mesmo.

Quem sou eu no contexto do universo?

Serei, tão-somente, um corpo que desfila inteligentes quão misteriosas habilidades?

Serei um caminhante solitário, em meio à gigantesca massa humana, destinado a encarar complicados problemas, a enfrentar desafios?

Serei um átomo excitado diante dos esplendores das incontáveis galáxias?

Serei, porventura, produto da casualidade sem projeto, sem programa, sem razão de ser?

Como explicar-me a mim próprio como um itinerante aprendiz das pautas do infindo cosmo?

Serei alguém fadado ao sofrimento, a chorar de pesar em todos os momentos?

Serei um ser destinado à intensa dor, duradoura, sem esperança de tempos melhores, de felicidade?

Serei um indivíduo levado pelas mãos do desencanto à estalagem das ansiedades e das frustrações?

Somente há dor e fel por onde eu possa trilhar, como se toda a existência não passasse de um fumo entediante, asfixiante, a sugar-nos a vontade de avançar, de sorrir, de louvar?

Retorno à fonte do meu senso interno e vejo que há lucidez em cada coisa que existe, em cada ser que erra.

Sinto que não nascemos p’ra ser tristes e viver entre dor, gemido e pranto, mas, aqui estamos para alcançar o bem mais santo, e avançar para o progresso e conquistar o encanto de agir com Deus nas lutas do mundo, de vibrar na alegria, no júbilo fecundo, até o tempo longínquo da áurea plenitude.

Sinto que sou caminhante do infinito, e, não obstante o horror, a amargura, o choro, o grito, embora estando na terra entre teimosias, aflito, o meu destino é sem dúvida estelar.

Agora sei que nasci para servir, p’ra ser feliz, crescer e amar.

Cheguei ao mundo nos planos do Criador, que espera que me faça um lavrador a semear nos corações, em redor dos meus passos, as sementes de esperança, de alegria e de paz, que onde eu vá me transforme num servidor da verdade, do trabalho e da harmonia.

Sei que sou cidadão universal, irmão da humanidade, indubitavelmente, filho do Deus altíssimo, bom, justo e clemente, dotado do melhor recurso para fazer brilhar a divina luz em mim.

E, ante os desafios terrenos, dizer não ou dizer sim, com responsabilidade, com razão e com ternura.

Sou caminhante da eternidade.

Sou dedicado aprendiz buscando disciplina, revestido de um manto de matéria fina, quintessência, formosura que impulsiona para Deus.

E agora que me vejo repleto de certezas que me asseguram a estabilidade na consciência do que sou, sei que imerso no hálito paterno do Criador da vida me completo, a cada dia vivendo virtudes, transformando em ternuras gestos rudes, suavizando o que sou para o futuro, obra-prima de Deus, luz coagulada, a galgar a evolução em toda estrada, o que é do senhor sagrado fim, verme, astro a brilhar, nas rotas do infinito.

***

Nesta bela página ditada pelo Espírito Ivan de Albuquerque, encontramos a resposta transcendente para a pergunta que cala fundo em nós:

“Quem sou eu?”