domingo, 6 de Maio de 2007

UMA MÃE ESPECIAL


Aprendi a conhecer uma mãe
uma mulher sem limites de amar
uma filha-mãe incansável tal
que já nem sabe se é filha ou mãe!

Uma mãe-irmã sempre atenta
negando o cansaço lategante
a fazer da vida um ato de amor
e do servir um ato constante

Uma mãe-mãe compreensiva
a carregar o fardo sem reclamar
e se por vezes se faz intempestiva
é tão somente por pelo zêlo de amar

Uma mãe-avó sempre presente
ainda que a dor precise esconder
que oculta as lágrimas, silente
quando mais não pode fazer

E se o cansaço atinge o limite
respira fundo e segue adiante
no incansável afã persiste
qual anjo-mulher a cada instante.

Esse ser adentrou minha vida
todo cheio de zêlo e cuidados
se tornou minha prenda querida
me fazendo assim abençoado.

Nestas mal traçadas linhas
numa mistura de letras e versos
agradeço a sua presença viva
a Deus, senhor do universo