quinta-feira, 5 de Junho de 2008

PEQUENOS VERSOS PARA TI

Por quem tocam os sinos a rebate,
repicando teu ser, tua assunção:
vou daqui, para qualquer parte,
levando-te comigo, em meu coração.

Senhora dos meus muitos encantos,
flor desfolhada de meu jardim,
escutai ao longe, os meus prantos,
vinde de lá de onde estás, para mim.

E caminhando formosa, a meu lado,
meu ser é agora sereno,
irradiando sorrisos sem ter pecado:
que nosso amor seja nos outros legado.

E este amor, de tão puro, nasceu para ser
fulgor, matiz radiante:
que é todo este nosso bem-querer,
de hoje, de ontem e doravante.