terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Você é um "ajudante" ou um "buzinador"?

Você provavelmente já presenciou a cena ou ouviu (ou leu) um história
parecida.

A senhora teve seu carro quebrado em meio à um movimentado cruzamento.
Isto é um pesadelo para qualquer um, mas ela manteve a cabeça no lugar
e estava fazendo o melhor que podia para ligar seu carro. Depois de
várias tentativas, o motorista logo atrás dela começou a buzinar
impiedosamente.

Depois de alguns momentos da incessantes buzina, a mulher saiu carro,
caminhou até o homem no carro atrás dela e educadamente disse,
- Senhor, parece que estou tendo dificuldades para ligar meu carro. Se
você puder fazer o favor de ajudar e conseguir ligar meu carro, eu
ficarei muito feliz em me sentar aqui e buzinar para você.

O buzinaço parou!

Como você se classifica frente à um problema "dos outros"? Você é um
"ajudante" ou um "buzinador"?
Da próxima vez que você observar um problema, por favor não "buzine".
Isto realmente não ajuda e normalmente frustra aqueles que estão
tentando consertar o problema. Ao invés de "buzinar" por que não
empresta uma mão para ajudar?